Daniel Podence: baptismo de Leão em Santa Maria da Feira

Daniel Podence: baptismo de Leão em Santa Maria da Feira

Aos 19 anos, o jovem Daniel Podence realizou o sonho de vestir a camisola do Sporting na disputa de um jogo da formação principal dos Leões. A estreia aconteceu ontem, diante do Sporting de Espinho, em Santa Maria da Feira.

vavel
VAVEL

Decorria o minuto 73 quando o jovem extremo Daniel Podence, de tenros 19 anos, pisou o palco do estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, estreando-se assim com a camisola do Sporting em jogos oficiais pela formação principal dos Leões. Diante do Sporting de Espinho, no duelo da Taça de Portugal, Podence concretizou o sonho de ascender à formação A do clube que o viu crescer e que, espera-se, possa vir a contar com ele nas suas fileiras mais utilizadas.

No Sporting desda a temporada 2005/2006, depois de vir do Belenenses, onde deu os primeiros passos e toques na bola, o jovem, natural de Oeiras, ganhou o seu lugar na corrida pela ascensão ao progresso, chegando ontem a uma meta sempre ansiada e desejada pelos formandos de qualquer equipa: vestir a camisola da formação principal, pisar o relvado de uma competição importante e combater ao lado dos melhores intérpretes. Ontem assim foi.

Desde 2013/2014  a militar no Sporting B, pronto para explodir, Daniel Podence ganhou ontem maior motivação, já estimulada pela convocatória de Marco Silva para a partida contra o Sporting de Espinho. Mas, entrar na partida, materializando o sonho, reforçou ainda mais a confiança de Podence num futuro risonho em Alvalade: o jogador poderá, de facto, vir a ter mais oportunidades pela mão de Marco Silva, que verá em Podence qualidade para evoluir e seguir as pegadas de tantos outros, produtos da fina academia do clube leonino.

Sinal de confiança dado por Marco Silva

O facto do jovem ter marcado presença na partida da quarta eliminatória da Taça de Portugal mostra que o seu percurso evolutivo está em plena marcha - outras opções tidas outrora como imediatas, como Iuri MedeirosSimeon Slavchev, Ryan Gauld, ficaram de força das escolhas de Marco Silva, o que poderá patentear a confiança tida na evolução do jovem Podence, que pode ter visto a porta da equipa principal abrir-se perante si.

«É um sonho realizado. Estou no clube há nove ou dez anos e nunca esperei isto. Estou muito orgulhoso e agora tenho de continuar a fazer o meu melhor para ser chamado mais vezes. O importante é ter minutos e jogar, quer seja na A ou na B. Tenho de dar o meu melhor e cabe à equipa técnica decidir onde jogo. Só me interessa ajudar a equipa», afirmou humildemente Podence aos microfones da comunicação social no fim da partida de ontem.

Tanaka também se estreou...a marcar

Também Tanaka se estreou ontem, não com a camisola do Sporting, mas no cômputo dos golos: o avançado japonês de 27 anos, contratado no defeso de Verão, marcou, frente ao Espinho, o seu primeiro golo pelo clube de Alvalade, na execução tranquila de uma grande penalidade. O avançado, internacional pelo seu país, tem apenas 15 minutos realizados na Primeira Liga e ontem somou 25 na Taça de Portugal.

O japonês mostrou-se «muito feliz» pelo golo marcado e esperará, no futuro, gozar de mais tempo de jogo, algo que é dificultado pela apetência goleadora de Slimani e pela grande forma do colombiano Montero, que ontem bisou em estilo.

VAVEL Logo