CAN: Costa do Marfim sagra-se campeã africana
Foto via: Imatin.net

CAN: Costa do Marfim sagra-se campeã africana

Os «Elefantes» bateram na final o Gana por 9-8 na marcação de grandes penalidades, depois de 0-0 em 120 minutos de jogo.

paulopereira79
Paulo Pereira

A Costa do Marfim sagrou-se campeã da CAN 2015 após a vitória em grandes penalidades, sobre o Gana. Os «Elefantes» conseguiram vencer a prova pela segunda vez, a outra tinha sido em 1992, contra o Gana e também em «penalties». 

O jogo, que terminou 0-0, foi claramente muito táctico e ambas as equipas demonstraram medo em perder. Tanto os 90 minutos como o prolongamento tiveram poucas oportunidades e nas grandes penalidades o guarda redes da Costa do Marfim, Barry, foi o grande protagonista defendendo dois «penalties» e marcando o decisivo. O treindor dos «Elefantes», Hervé Renard, tornou-se o primeiro selecçionador a ganhar a CAN por duas equipas diferentes (anteriormente em 2012 frente à Costa do Marfim pela Zâmbia).

As grandes desilusões da prova foram o Senegal, os Camarões e o Burquina Faso, que nem passaram dos grupos. O Senegal com um jogo atlético e musculado e muitas vezes a fazer um jogo directo não conseguiu passar um grupo com Argélia, Gana e África do Sul. Enquanto os Camarões não apresentaram qualidade suficiente nesta era pós-Eto'o, ficando em último do grupo D. O Burkina Faso, que em 2013, tinha chegado à final, desta vez nem conseguiu passar a fase de grupos acabando com um ponto.

Uma palavra de reconhecimento para a África do Sul e Zâmbia, que embora não tenham passado os seus respectivos grupos, apresentaram algum do melhor futebol visto na Guiné Equatorial. A Confederação Africana de Futebol (CAF) teve mão pesada sobre Marrocos, na sequência da recusa em organizar a edição de 2015, resolveu castigar o país do norte de África com suspensão nas próximas duas edições, em 2017 e 2019 e uma multa a rondar 18 milhões de euros.

Os melhores marcadores, todos com três golos foram:

Ahmed Akaïchi [Tunísia]
Thievy Bifouma [Congo]
Dieumerci Mbokani [Rep.Dem. do Congo]
Javier Balboa [Guiné Equatorial]
André Ayew [Gana]

O antigo jogador do F.C. Porto, Christian Atsu, foi considerado o melhor jogador da competição.

VAVEL Logo
CHAT