FC Porto x Sporting: Eficácia ofensiva ou lacunas defensivas?

FC Porto x Sporting: Eficácia ofensiva ou lacunas defensivas?

O clássico de Domingo que opõe FC Porto e Sporting está a aquecer, e a equipa Vavel está a trazer ao ínfimo detalhe, todas as estatísticas e factos relevantes, que antecedem este encontro.

TiagoPratas
Tiago Pratas

O Clássico de Domingo, que coloca frente-a-frente FC Porto e Sporting, é um dos jogos mais importantes da época para ambas as equipas. A equipa Vavel está a analisar ao promenor todas as incidências que merecem o devido destaque. 

Para o FC Porto, uma vitória vem trazer algum descanso relativamente ao 2º lugar, mas se o Sporting conseguir arrecadar uma vitória, o pódio fica com uma indefinição renhida até ao fim do tira-teimas da Liga portuguesa.

O jejum sportinguista, no Dragão

A formação leonina está há 8 anos sem vencer no Dragão, para o campeonato. A última vez que conseguiu vencer os portistas, foi a 17-03-2007, data em que venceu pela margem mínima (0-1). 

Nessa ocasião, na qual o Sporting era orientado por Paulo Bento, o único golo surgiu de pontapé livre, convertido pelo chileno canhoto Rodrigo Tello. Uma bomba indefensável que quase furava as redes de Helton, que, naquela altura, defendia a baliza azul e branca. 

Três golos em oito anos

A formação sportinguista desde a última vitória conseguida no Dragão, para o campeonato, apenas conseguiu 3 tentos. A falta de eficácia leonina tem sido bastante denotada nos clássicos - apenas 3 golos leoninos, contra os 12 dos dragões

O último resultado não-negativo do Sporting foi conseguido em 28-02-2009, data em que o Leão conseguiu um empate a 0-0, num jogo que certamente os espectadores que pagaram bilhete tiveram vontade de ir pedir o seu dinheiro de volta, por tão desinteressante espectáculo presenciado no reduto portista.

A saga de vitórias portistas

O Porto soma 5 vitórias consecutivas para o campeonato, a jogar em casa. A primeira foi a 26-09-2009, onde venceu a formação leonina por 1-0, com um golo de Falcão logo ao passar do segundo minuto de jogo. O encontro ficou marcado também pela dupla expulsão na equipa do Sporting (Miguel Veloso e Polga). 

O reinado de Patrício

Apesar de incontestado guardião da baliza leonina, São Patrício, como muitos o chamam, não tem sido nada feliz nos jogos no Dragão.  Em 5 jogos, sofreu qualquer coisa como 11 golos, o que faz uma média de 2.2 golos por jogo. O Sporting sofreu sempre bastantes golos, nos jogos realizados no Dragão desde a titularidade de Patrício, e não conseguiu qualquer vitória, nem empate. Mas será que o problema é do internacional Português? Certamente que não...

Poderíamos analisar a constante modificação das duplas defensivas, que nunca foram as mesmas, de temporada para temporada. O Sporting nunca apresentou uma dupla de centrais repetidal, e o jogador que realizou mais clássicos foi Anderson Polga (jogou no 1-0 de 09/10; 3-2 de 10/11; 2-0 de 11/12), no entanto, nunca teve o mesmo companheiro de defesa. Alternou entre Carriço, Torsiglieri e por último Onyewu

Este poderá ser um dos motivos das fraca prestações defensivas do Sporting - existiriam muitos mais para analisar, tal como a mudança de treinador em cada um destes 5 clássicos. Será que esta saga de derrotas vai continuar e que os números de Patrício vão aumentar, visto que o Sporting tem uma nova dupla de centrais, e também um novo treinador? 

A temporada positiva do Sporting

O Sporting esta época ainda não vacilou frente ao FC Porto, tendo conseguido um empate a um golo, em casa, e foi ao Dragão vencer por 1-3, a contar para a Taça de Portugal. Os últimos 3 jogos frente-a-frente contam com 2 vitórias leoninas, e um empate.  Veremos o que acontecerá no Domingo, em mais um clássico, que poderá mudar muita coisa, no que resta da temporada. 

VAVEL Logo
CHAT