Liga Europa: Ferrari 'azzurri' de Nápoles queimou borracha na Volkswagen Arena

No grande jogo de cartaz dos quartos-de-final da Liga Europa, o Nápoles visitou ontem a Volkswagen Arena e, a toda a velocidade, deu voltas de avanço ao perro Wolfsburgo. Quatro golos napolitanos griparam o motor germânico.

vavel
VAVEL
Liga Europa: Ferrari 'azzurri' de Nápoles queimou borracha na Volkswagen Arena

Com pneus carecas e motor gripado, o Wolfsburgo levou várias voltas de avanço do Ferrari «azzurri» do Nápoles, perdendo por 1-4 em plena Volkswagen Arena, na primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa. A formação de Dieter Hecking, que nos dezasseis-avos-de-final eliminou o Sporting, foi ultrapassada a grande velocidade pela equipa napolitana de Rafa Benítez, sofrendo às mãos do médio ofensivo Marek Hamsik, do argentino Gonzalo Higuaín e do italiano Gabbiadini.

O Nápoles marcou à passagem do minuto 15, por Higuaín, avançado ex-Real que se apresentou novamente em grande plano, encabeçando o ataque italiano. Após lançamento diagonal, que caiu no coração da área, o argentino dominou e rematou de seguida, batendo Diego Benaglio. Aos 23 minutos, Hamsik aumentou a vantagem após delicioso de Higuaín.

O terceiro golo chegou aos 64 minutos, após passe fatal de Callejón (outro jogador ex-Real) que foi finalizado com tranquilidade por Hamsik, uma das grandes figuras da partida, a par de Higuaín. Como se as voltas de avanço não chegassem, o Nápoles não retirou o pé do acelerador e voltou a marcar - Gabbiadini, aos 76 minutos, fechou a contagem napolitana.

O golo de honra da equipa da casa chegou por intermédio do dinamarquês Nicklas Bendtner, aos 80 minutos. O ponta-de-lança, que entrara aos 57 minutos, atenuou o sofrimento germânico mas, verdade seja dita, as probabilidades do Wolfsburgo se qualificar para as meias-finais da Liga Europa são, agora, diminutas. 

VAVEL Logo
CHAT