Melhores transferências e potenciais mais-valias na Liga NOS 2015/2016

Melhores transferências e potenciais mais-valias na Liga NOS 2015/2016

À semelhança daquilo que foi feito com a Premier League, VAVEL Portugal propõe-se analisar as 10 melhores transferências da época presente.

ffontes93
Francisco Fontes

O mercado ainda não fechou (apenas acaba à meia-noite de dia 31 de Agosto) mas muitos foram os jogadores que deram entrada na Liga NOS. Neste artigo, iremos analisar aqueles que para o VAVEL fazem parte das 10 melhores contratações da temporada, tendo em conta o seu potencial, valor da transferência e o potencial impacto no sucesso da sua equipa.

#10: Joan Roman - SC Braga

O Braga, que parece destinado a mais uma época nos lugares Europeus, continua a conseguir atrair jogadores com qualidade para o futebol Português. Desta feita, é Joan Roman, jogador que costuma actuar a extremo mas que dada a sua elevada técnica e capacidade de drible, pode desiquilibrar me qualquer posição adiantada do terreno. O jogador oriundo do Barcelona B decidiu dar uma reviravolta na sua carreira e o Braga é um palco ideal, onde poderá ser figura proponderante na manobra ofensiva e quem sabe elevar o seu jogo a um outro patamar que lhe permita um salto para a primeira Liga Espanhola. É de esperar que depois de um período de adaptação aos Guerreiros dos Minho, Joan Román possa expor todo o seu futebol e não será de estranhar ver o jogador a apontar 4/5 golos e 6/7 assistências durante o ano.

Román terá oportunidade de ser figura de proa no ataque minhoto. (Fonte: Lusa)

#9: José Velázquez - FC Arouca

A contratação de José Velázquez surgiu como uma surpresa para muitos mas a verdade é que o Arouca conseguiu recrutar para os seus quadros aquele que é indiscutivelmente o melhor central às ordens de Lito Vidigal.  Com apenas 24 anos, o internacional Venezuelano tem uma grande margem de progressão e não será de estranhar que no fim da época siga para outras paragens com outras ambições (quem sabe um Braga ou um emblema estrangeiro treinado por Portugueses). Apesar de não ser particularmente alto, o central venezuelano tem bom poder de impulsão, é forte no jogo aéreo e relativamente seguro no passe. Nas mãos de Lito poderá crescer e será certamente peça fundamental num Arouca que será posto à prova muitas vezes na defesa durante a época (Para já, em dois jogos o central esteve irrepreensível.)

O camisola número 4 tem sido dos melhores elementos do arranque triunfante do Arouca. (Fonte: GradaDigital)

#8: Rafael Martins - Moreirense

O Moreirense conseguiu garantir os serviços de Rafael Martins, ex-Levante, que já tinha actuado em Portugal (ao serviço do Setúbal). O avançado Brasileiro vem trazer explosão e golo a uma equipa que teve um arranque atribulado de época e que com certeza terá um grande impacto no ataque da equipa de Moreira de Cónegos. Segundo melhor marcador da Liga em 2013/2014, com 14 golos, Rafael Martins traz também consigo experiência de Primeira Liga e podemos esperar que tenha impacto imediato e que consiga inverter a tendência de falta de golos que tem caracterizado a equipa de Miguel Leal esta época.

#7: Salvador Agra - Nacional da Madeira

Com a saída de Marco Matias, grande impulsionador do jogo de ataque da turma insular, o Nacional via-se obrigado a encontrar um jogador com as mesmas características que o jogador que partiu para terras de Sua Majestade. A chegada de Agra parece ser conveniente para o jogador, que será quase certamente titular durante grande parte da época e onde poderá contribuir com muitas assistências e mais golos do que aquilo que fez em Braga. A sua velocidade e explosão serão fundamentais para o Nacional, nomeadamente em situações de contra-ataque e superioridade numérica. Apesar de não ser um exímio finalizador, é esperado que tenha mais preponderância no movimento ofensivo dos Alvinegros e certamente que os golos aparecerão.

#6: Gianni Imbula - FC Porto 

Não fosse o preço estratosférico para a realidade do futebol Português (mais de 20 milhões de euros) e o possante médio figuraria nos lugares cimeiros deste top. Uma contratação de luxo para o meio-campo de Lopetegui, Imbula dá ao Porto muito músculo na zona central do terreno, capacidade de recuperação de bola e de progressão com esta útlima. Será igualmente um jogador a potenciar (apenas tem 22 anos) e que irá com certeza ter o seu retorno tanto desportivo como financeiro no Dragão. Uma contratação que espelha bem a capacidade que o nosso futebol vem a ter em recrutar bons talentos, que preferem evoluir e maturar no nosso campeonato do que arriscar e dar um passo em falso em campeonatos mais competitivos (o Francês era cobiçado por meia Europa depois de uma grande época ao serviço do Marselha de Bielsa).

Lopetegui tem a tarefa de potenciar Imbula, diamente para lapidar. (Fonte: Reuters)


#5: Mehdi Carcela - SL Benfica

Tivesse ocorrido 3/4 anos atrás e teria sido um reforço bomba para o Bicampeão. Mehdi Carcela, recrutado ao Standard de Liège por cerca de 4 Milhões de Euros, é um jogador que veio preparar uma eventual saída de Gaitán. Forte no um para um, desiquilibrador, o técnicista Marroquino tem também a capacidade de fazer estragos pelo meio, um pouco à semelhança do Argentino. Depois de uma má decisão na carreira (ao escolher os milhões do Anzhi em vez de um projecto desportivo mais sólido), o médio renasceu no Standard e as boas prestações levaram-no ao Benfica. Depois do natural período de adaptação, o canhoto mas que prefere jogar no flanco direito, será um reforço importante para Rui Vitória, visto que para além dos desiquilíbrios que pode causar, é um jogador que tem bastante facilidade em finalizar. A única preocupação advém mesmo da sua condição física e propensidade a lesões, algo que terá que ser seguido de perto pelo departamento médico das Águias.

Carcela chegou a ser apontado aos maiores tubarões Europeus. (Fonte: Getty Images)

#4: Alberto Aquilani - Sporting CP

Resgatar Aquilani à Fiorentina foi uma jogada do Sporting que faz lembrar algumas transferências sonantes do SL Benfica versão JJ. Um pouco à semelhança daquilo que aconteceu na Luz em épocas transactas (Júlio César, Jonas, Saviola etc...), o Sporting apostou em contratar um jogador com provas dadas ao mais alto nível (representou os maiores clubes Italianos e a própria Squadra Azzura) na tentativa de "rescussitar" o seu melhor futebol. O Italiano traz consigo visão de jogo, leitura deste último, qualidade de passe e muita experiência: características que serão fundamentais para um Leão que pretende conquistar o título e ir o mais longe possível na Europa. Para já, apesar dos poucos minutos que jogou, é notório que é um jogador com qualidade acima da média e com a classe de outros grandes jogadores que pisaram os relvados Portugueses.

#3: Maxi Pereira - FC Porto

Contratar o vice-capitão do Bicampeão Nacional dá sempre direito a uma entrada em um ranking deste género. Quando a transferência se dá a custo zero e se trata de um jogador desta qualidade, certamente estará no top 3. Maxi Pereira juntou-se ao clube da Invicta depois de 8 anos ao serviço do Benfica e veio abanar o mercado de transferências. Apesar de não caminhar para novo e de aparentemente auferir um ordenado bastante elevado (1,5M/ano limpos) para um jogador que não trará grande retorno financeiro no futuro, Maxi era o melhor lateral disponível para substituir Danilo. A sua disponibilidade física, tanto a atacar como a defender, a sua garra e determinação, a profundidade que dá no processo ofensivo e a sua experiência de futebol ao mais alto nível garantem uma lateral bem preenchida durante pelo menos 2 anos no Dragão. Um reforço bomba não só pela sua qualidade mas também porque enfraquece um rival directo na luta pelo título.

Maxi foi protagonista de uma das maiores "bombas" do defeso. (Fonte: Getty)

#2: Bryan Ruiz - Sporting CP

O internacional Costa-Riquenho, um namoro antigo de Jesus, vai finalmente treinar-se às ordens do técnico Amadorense. Contratado por cerca de 2,8 milhões de Euros ao Fulham, o criativo é um jogador que trará muitas alegrias aos adeptos Leoninos. Apesar de não ter a velocidade característica para um jogador que actua a extremo (na realidade, tanto no Twente como na Seleção, Ruiz sempre se destacou como segundo avançado/10, apesar de JJ insistir em colocá-lo numa das faixas) Ruiz complementa essa lacuna com qualidade de passe, critério neste último e pura magia no seu pé esquerdo. Até ao momento, conta já com duas assistências para golo, com passes deliciosos em que os companheiros apenas tiveram de encostar. Não é jogador para apontar muitos golos (apesar de ser um exímio cobrador de bolas paradas) mas sim para criar muitos e no fim da época figurará entre os maiores assistentes da Liga, sem qualquer sombra de dúvida. 

Bryan Ruiz deverá ser o "Gaitán" de JJ em Alvalade. (Fonte: Lusa)

#1: Casillas - FC Porto

Um campeonato do Mundo, dois Europeus, três Champions, duas supertaças Europeias, um Campeonato do Mundo de Clubes, 5 Ligas Espanholas, 4 Supertaças Espanholas e 2 Taças do Rei, entre muitos outros títulos individuais. O palmarés de Iker Casillas fala por si só. O Porto garantiu um dos melhores guarda-redes da História do Futebol e assegurou um reforço de peso, em todos os aspectos. Apesar de estar na fase descendente da carreira, para a realidade Portuguesa, Casillas é um guarda-redes fenomenal. O seu impacto não será apenas visto nas grandes defesas que vai realizar. Um jogador com o seu historial - uma lenda viva do futebol - tem impacto em todas as áreas do jogo: os seus companheiros, ao poderem partilhar balneário e campo com um dos guarda-redes mais titulados do mundo irão apreender muito conhecimento e aquilo que San Iker pode trazer extra-jogo é também notório: visibilidade extra para o FC Porto, atenção mediática, receita de bilheteira, entre outros... algo muito importante para qualquer clube. Não haverá dúvida que Iker Casillas será um dos maiores nomes estrangeiros a pisar os palcos da Liga NOS e que a sua contratação é uma prova viva do investimento do Porto nesta época e na conquista do título deste ano.

Aquilo que há três meses era miragem agora é realidade: Casillas joga na LIGA NOS. (Fonte: FCPorto)

Apesar de o mercado de transferências estar quase a fechar, nenhum clube ainda deu por encerrado o período de entrada/saída de jogadores. Os três grandes, nomeadamente, terão ainda alguns jogadores em mente, para reforçar o seu plantel. Vários nomes que aumentarão a qualidade do nosso campeonato estão a ser equacionados (Iturbe, Ansaldi, Siqueira, Coentrão, Markovic) e a sua vinda seria certamente benéfica para todos os amantes do futebol.

VAVEL Logo