Diante do Benfica: Belenenses busca apagar a Luz como no virar do milénio

Diante do Benfica: Belenenses busca apagar a Luz como no virar do milénio

Hoje, na Luz, o Belenenses vai procurar surpreender o bicampeão nacional em plena Luz, tentando ressuscitar o triunfo forasteiro do ano 2000. Os Azuis do Restelo buscam a primeira vitória na Liga, enquanto o Benfica tenta consolidar-se enquanto colectivo.

vavel
VAVEL

O Belenenses desloca-se esta noite à Luz para abrir a jornada 4 da Liga NOS 2015/2016, buscando estrear-se nos triunfos internos nesta temporada - a equipa comandada por Sá Pinto já provou o sucesso europeu, ao ultrapassar duas eliminatórias de acesso à Liga Europa, mas dentro de portas ainda não registou qualquer vitória nos três duelos já realizados na Liga. Já o Benfica procurará um regresso renovado e refrescante, depois do começo titubeante com que presenteou os adeptos neste processo de transição, da era-Jesus para o novo reinado de Rui Vitória.

Benfica: paragem benéfica para uma nova arrancada

A paragem prolongada foi bem recebida pelo staff encarnado e o tempo foi utilizado por Rui Vitória para olear processos de jogo, consolidar mecanismos tácticos e reforçar a moral das tropas, algo distorcida devido às curtas e débeis exibições deste arranque de temporada - o Benfica teima em não convencer os exigentes adeptos encarnados, e nem mesmo jogos aparentemente acessíveis (como a recepção ao Moreirense) deram tranquilidade ao universo benfiquista. O golo tardio de Jonas (na partida em que Raúl Jiménez se estreou a marcar pela Águia) aliviou as bancadas mas não apagou a exibição frouxa que assolou a Luz na passada jornada.

Reviver o virar do milénio para apagar a Luz

Por seu turno, o Belenenses, que também inicia uma aventura com um novo timoneiro técnico, terá como objectivo surpreender e apagar a Luz, tal e qual como a memória deixa recordar, há quinze anos, quando, no ano 2000 do virar do milénio, os Azuis do Restelo bateram a oposição das águias por 2-3, na jornada 30 da temporada 1999/2000. O feito, construído pelos golos de Fernando Mendes, Filgueira e Rui Gregório (contra os tentos caseiros de João Tomás e Maniche) contrasta com a vigência caseira do Benfica: há 12 anos que o Belenenses não sai da Luz com um triunfo, em partidas do campeonato.

Onzes prováveis do Benfica x Belenenses

VAVEL Logo
CHAT