Jorge Jesus: "Todos os jogos vão ser finais"
"Todos os jogos vão ser finais"

Jorge Jesus: "Todos os jogos vão ser finais"

Neste que foi um clássico polémico, tendo como resultado uma vitória do F.C. Porto por duas bolas a uma e tendo ficado assim oito pontos acima do Sporting C.P na tabela de classificação, temos declarações bastante positivas de ambos os treinadores.

catiamagalhaes
Cátia Magalhães

Jorge Jesus, treinador do sporting, alem de não ter levado os três pontos rumo a alvalade não esta descontente com o resultado: ” Foi um grande jogo, entre duas grandes equipas. Jogando no Dragão, tendo as oportunidades que tivemos nos últimos 10 minutos e não marcando, torna tudo mais difícil. Fomos melhores, principalmente na segunda parte. Mas saímos daqui com uma derrota, porque não fomos eficazes nas oportunidades que criámos.

O Sporting esteve muito bem, fez um excelente jogo, fez com que aparecesse mais um jovem [Leão], que deu bons sinais, e as três substituições que fizemos acrescentaram sempre mais à equipa”.

O mesmo salienta ainda que entende que agora será mais difícil, mas que nada está perdido para a equipa leonina e que além de o resultado negativo está contente com a prestação da equipa que lidera: “Criámos várias oportunidades, mas não conseguimos. A equipa esteve muito bem, fez dos melhores jogos fora de Alvalade, disputou o jogo taco a taco.

O que fica é a insatisfação do resultado. Está mais difícil. Estão 27 pontos em disputa, ainda tudo é possível. Depois há um apuramento para a ´Champions´ e ainda uma luta muito grande que temos de fazer. Há outras provas".

Por outro lado temos Sérgio Conceição, treinador do Porto, que está bastante contente com a prestação da sua equipa e diz que atingiram o objetivo pretendido, que era a vitória: “Foi decisivo ter marcado e ter sido eficaz. Penso que começámos o jogo bem, fizemos primeiros 15 minutos de grande qualidade. O Sporting mesmo nesse período nunca abdicou de fazer o seu jogo. O Sporting é uma equipa bem orientada, muito competitiva e com excelentes jogadores.

Fizemos o golo, fomos depois do 2-1 à procura de matar o jogo, querendo sempre ir à procura da baliza adversária. Foi um jogo competitivo, entre duas boas equipas do campeonato. Estamos felizes pelos três pontos, era o nosso objetivo. O jogo em termos estratégicos correu bem”.

Sérgio Conceição diz ainda que nada está perdido para a equipa leonina e que podem dar a reviravolta: “O Sporting não está fora do título. É uma equipa que já demonstrou ter alma e estofo, que quer vencer o campeonato. Sinto como treinador essa ambição e essa determinação. Ninguém está fora, continuam três equipas a lutar pelo título e vai ser assim até ao final.
Esses oito pontos são confortáveis em relação ao Sporting, mas estamos todos na luta. Um jogo pode mudar até o estado de espírito da equipa. Todos os jogos vão ser finais”.

VAVEL Logo