William, Gelson e Bruno Fernandes também rescindem com o Sporting

William, Gelson e Bruno Fernandes também rescindem com o Sporting

Leões confirmaram, através de comunicados enviados à CMVM, que o trio avançou para a rescisão unilateral dos respectivos contratos com o clube.

goncalo-santos
Gonçalo Santos

O cenário já havia sido colocado em cima da mesa pela imprensa, mas agora tornou-se realidade: William Carvalho, Gelson Martins e Bruno Fernandes juntaram-se a Rui Patrício e Daniel Podence, e também rescindiram unilateralmente com o Sporting.

A decisão dos três jogadores foi dada a conhecer pelos jornais desportivos portugueses na tarde desta segunda-feira, e posteriormente confirmada pelo emblema leonino, através de comunicados enviados à CMVM (Comissão do Mercado de Valores Mobiliários).

O Sporting realçou, nas referidas notas, que os futebolistas comunicaram "a resolução do seu contrato de trabalho desportivo, com invocação de justa causa", e que "a referida comunicação, os seus efeitos e consequências estão a ser objecto de análise pela Sociedade".

Os 'verde e brancos' ficam, assim, sem mais três dos seus principais ativos, que avançaram para as rescisões no limite do prazo para a entrega das mesmas, agendado para esta quinta-feira (14), 30 dias após os ataques de que foram alvo jogadores e equipa técnica do Sporting, na Academia de Alcochete.

Do 'domínio' à ausência na Seleção

Com esta  'onda' de rescisões, o Sporting perdeu o estatuto de equipa com mais futebolistas a representarem a Seleção Portuguesa no Mundial da Rússia.

Se antes eram quatro os leões chamados por Fernando Santos, agora são... zero. Curiosamente, o quarteto verde e branco convocado por Portugal para o Campeonato do Mundo pediu, na totalidade, a rescisão do vínculo com o clube, na sequência das agressões no centro de treinos da equipa.

VAVEL Logo