"Agora sinto o Marega comprometido"
Foto Ivan Del Val/Global Imagens

"Agora sinto o Marega comprometido"

Na antevisão da terceira jornada do campeonato, Sérgio Conceição revelou que o grupo pediu a reintegração do maliano, mas não adiantou se o avançado seria convocado

RuiLopes97
Rui Lopes

  Com a terceira jornada aí à porta, com o FC Porto a receber o Vitória de Guimarães no Dragão, o treinador portista fez a antevisão ao encontro e, inevitavelmente, abordou a questão da reintegração de Marega. 

  "O Marega começou a treinar com o grupo esta semana. Neste momento sinto o Marega comprometido, envolvido. A treinar de uma forma normal, como era hábito. É mais um jogador que temos à disposição para utilizar quando assim o entender.", começou por dizer, revelando depois que foi o grupo de trabalho a pedir a reintegração do avançado maliano. "Houve um momento em que o próprio grupo de trabalho sentiu e veio falar com o treinador, no sentido de incluir o Marega. Foi um problema também para ele, e sentiram que era o momento de falar comigo e com o presidente.", não adiantando se Marega vai ser ou não convocado para o embate frente aos minhotos no sábado. 

  Precisamente sobre o jogo, Sérgio Conceição não espera facilidades, admitindo que será o jogo mais difícil que os dragões vão ter até agora. "Esperamos um jogo difícil perante uma equipa que se reforçou muito bem. Talvez seja o jogo mais difícil que vamos ter até hoje, na minha opinião. Temos de jogar no máximo, determinação, vontade de vencer, na dinâmica habitual e ganhar os três pontos que é o que nos interessa.".

  Em relação a Éder Militão, reforço contratado pelos azuis e brancos e que ainda não se estreou de dragão ao peito, o técnico português foi claro, garantindo que o brasileiro terá a sua oportunidade, a seu tempo. "É um jogador que vem de um campeonato completamente diferente do nosso e tem de ter o seu tempo para se ambientar e perceber os processos da equipa. Sou muito rigoroso e quando sentir que o Éder Militão está integrado, com os princípios e a dinâmica da equipa, terá a sua oportunidade.", afirmando em seguida que reforço poderá ser opção em várias posições na parte mais recuada do terreno. "Vi o Éder a jogar a médio defensivo, no lado direito a lateral, a central. Têm que entrar dez mais o Militão, não oito mais o Militão. Tem qualidades para fazer mais do que uma posição."

  No que ao mercado diz respeito, Sérgio Conceição foi incisivo e afirmou que não falaria mais sobre esse tema, e que o que importa agora são os jogadores que tem à sua disposição. "As questões de mercado ficam à porta do olival. Até um certo período respondi abertamente a questões de mercado. Mas quando começaram as competições não falo mais. Importantes são os jogadores que tenho à disposição, os que tenho aqui e demonstram todos os dias a continuidade do ano passado, o espírito em processo de treino e o comportamento fora do treino."

  O treinador portista contou também que ficou muito orgulhoso com a chamada de Felipe à seleção brasileira e que esta convocatória é totalmente merecida. "Ficámos extremamente felizes é de todo merecido o Felipe ter sido convocado. Tem um potencial enorme. É um central com qualidade e capacidade acima da média. Estas são as nossas vitórias. Sinto-me um bocado vaidoso com isso.", acrescentando ainda que o brasileiro "fez um ano fantástico.", e que "ele e o Alex mereciam ser chamados à seleção".

  O jogo entre o emblema portista e o clube minhoto está marcado para amanhã, sábado, às 21 horas, e será disputado no Estádio do Dragão. 

VAVEL Logo