18 anos depois... o dragão voltou a esmagar por 7-0

Na goleada de 7-0 do Porto ao Nacional esteve presente nas bancadas do Dragão um tal de Mário Jardel, que foi curiosamente o matador de serviço na última vez que os azuis e brancos aplicaram tal resultado na Liga, há pouco mais de 18 anos.

18 anos depois... o dragão voltou a esmagar por 7-0
Mário Jardel esteve no 11 do Porto contra o Beira Mar, quando venceram por 7-0

A goleada avassaladora do Porto diante o Nacional é uma raridade no futebol actual. Os tentos de Brahimi, André Silva, Soares e Layun esmagaram os madeirenses e levaram as bancadas do Dragão a pular 7 vezes, algo que já não acontecia desde Janeiro de 1999. No encontro do passado Sábado, Mário Jardel assistiu ao festival portista e teve provavelmente uma nostalgia Histórica: foi precisamente com o Super Mário em campo que o Porto aplicou a última chapa 7 em jogos da Liga portuguesa.

Foi há 18 anos que o Porto recebeu o Beira Mar no velhinho Estádio das Antas e os dragões aniquilaram os aveirenses por 7 bolas a 0, com Mário Jardel a fazer o gosto ao pé por 4 vezes. Os restantes golos foram convertidos por Capucho, Zahovic e João Manuel Pinto, e o treinador azul e branco era o actual campeão europeu, Fernando Santos, e na equipa portista jogava ainda o actual adjunto de Espírito Santo, o luso Rui Barros. Nesta temporada os invictos viriam a sagrar-se pentacampeões nacionais, fechando uma das páginas mais emblemáticas da História do clube nortenho.

A avalanche goleadora do Porto diante o Nacional é inédita no novo Estádio do Dragão em jogos do campeonato, sendo sempre bonito cruzar gerações de grandes goleadores como André Silva, Soares e Mário Jardel. Quando se voltará a repetir?

Futebol Português