Astro dos Bucks, Giannis Antetokounmpo é punido pela NBA após cabecear jogador dos Wizards
Foto: Divulgação/Milwaukee Bucks

Após desavenças entre Giannis Antetokounmpo do Milwaukee Bucks, e Moritz Wagner, do Washington Wizards na partida realizada na última terça-feira (11), que terminou em vitória do time de Giannis por 126 a 113, o grego agrediu o rival com uma cabeçada sendo assim, expulso pelos árbitros. Confira o lance no vídeo abaixo:

A agressão se desdobrou no segundo quarto, com 8'50" para o fim, quando Wagner, em ataque dos Bucks pelo grego, tentou cavar uma falta. Logo após o lance de jogo, os dois se trombaram com o atleta dos Wizards o xingando. Foi nesse momento em que Giannis deu uma cabeçada, acertando o adversário. 

Claro que isso culminou na quarta expulsão da carreira do atleta de 25 anos, quando os árbitros reviram a imagem para dar falta flagrante. Antetokounmpo não era expulso desde Abril de 2018, e deixou a partida com dez minutos de atuação, 12 pontos e nove rebotes.

O ocorrido chocou os fãs da NBA, pelo grau de competitividade em que o atleta se mostrou estar com a agressão, devido às circunstâncias das franquias na tabela da conferência Leste. Os Bucks, já estão garantidos na primeira posição e os Wizards não tem chances nem de ir a repescagem, o play-in. 

Nesta quarta-feira (12), a estrela do Milwaukee Bucks foi punido com um jogo de suspensão, sendo assim, impossibilitado de atuar na partida contra o Memphis Grizzlies amanhã, quinta-feira (13), em último jogo antes dos início dos playoffs. Em comunicado oficial, a NBA afirmou: 

"O atacante do Milwaukee Bucks, Giannis Antetokounmpo, foi suspenso por um jogo sem remuneração agredir com a cabeça o pivô do Washington Wizards, Moritz Wagner, durante uma paralisação no jogo".

Vale lembrar que, o monstro da seleção grega, é finalista e um dos favoritos para vencer o prêmio de MVP pelo segundo ano consecutivo, disputando com LeBron James, dos Lakers, e James Harden do Houston Rockets. Antetokounmpo também concorre na categoria de jogador defensivo do ano, ao lado de Anthony Davis, dos Lakers, e de Rudy Gobert, do Utah Jazz.

VAVEL Logo