CBLoL: KaBuM vence Keyd por 3 a 2 e é a campeã do 1º Split
de 2018
(Foto: Divulgação Riot Games Brasil)

CBLoL: KaBuM vence Keyd por 3 a 2 e é a campeã do 1º Split de 2018

Alaranjados foram do zero ao cem na volta ao grupo de elite do League of Legends Brasileiro

clamontalvao
Clarissa Montalvão

A KaBuM e-Sports conquistou a vitória do 1º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL) neste sábado (7). Time brigou com muita garra pelo título de campeão e venceu a Vivo Keyd por 3 a 2. Resultado surpreendente para o time que tinha acabado de subir do Circuito Desafiante de volta para o CBLoL.

Este é o segundo troféu que a KaBuM e-Sports leva para casa do campeonato. O primeiro foi conquistado na Segunda Etapa de 2014, contra a CNB eSports. Naquele ano, assim como em 2018, ninguém apostava nos Alaranjados e todos foram surpreendidos com a forma que o time conseguiu superar todos os obstáculos.

JOGO 1

KaBuM se mostrou dominante do início ao fim, não dando espaço para a Keyd crescer. Ranger comandou o começo de jogo com ótimas emboscadas e dominando a selva. Keyd cometeu diversas falhas no início do jogo, mas conseguiu três Dragões e um Barão quase de forma gratuita por bobeiras da KaBuM. Mesmo assim, esses objetivos não foram suficientes para os Guerreiros, pois os Alaranjados cresceram e realizaram lutas com muita movimentação e dano à distância, que lhe renderam a primeira vitória.

(Foto: Divulgação Riot Games Brasil)
(Foto: Divulgação Riot Games Brasil)

JOGO 2

Dessa vez quem levou a melhor foi a Keyd. Os Guerreiros tiveram um ótimo controle de objetivos. Os Alaranjados só conseguiram derrubar uma torre e ficaram muito atrás na quantidade de abates. Tockers foi muito importante neste jogo usando o muro da Taliyah com maestria, aproveitando a pressão natural sobre a Karma de dyNquedo para se deslocar para as outras rotas. Tockers abusou do bot, dando vantagens à sua equipe para conquistar a vitória.

JOGO 3

Disputa foi intensa, com vantagens para os dois lados. KaBuM começou a forçar a partir do nível 6 usando Nocturne e Taliyah. Time buscou jogar de modo a dar vantagens ao Titan. Os Guerreiros reagiram no meio de jogo e fizeram diversos pick-offs. Porém, a KaBuM retomou liderança através de lutas criativas graças a dyNquedo e conquistou a vitória após um Barão.

JOGO 4

Keyd não quis dar o troféu para a KaBuM nesse jogo e para garantir isso, passou como um rolo compressor. Nesta partida micaO se destacou bastante e conquistou a marca de mil abates em sua carreira como pro player, o que é um recorde de abates no cenário brasileiro! Dos 24 abates realizados pela Keyd neste jogo, 16 foram obra do atirador com uma Jinx absurda de tão poderosa, que brilhou nas lutas em equipe. Jockster também teve sua glória com ótimas iniciações e protegendo seu time.

(Foto: Divulgação Riot Games Brasil)
(Foto: Divulgação Riot Games Brasil)

JOGO 5

Partida foi um atropelo da KaBuM, que se organizou extremamente bem para lutar. Guerreiros não tiveram nem chance de reagir e pareceram se desequilibrar cometendo verdadeiros apagões, que a KaBuM não perdoou. Jogo foi tão terrível para a Keyd que nem mesmo o roubo do Barão, especialidade do Revolta, foi possível. Guerreiros perderam vergonhosamente, tendo realizado apenas 2 abates e não conseguindo derrubar nenhuma torre.

 

Alaranjados jogaram bem e mereceram a primeira colocação no 1º Split do CBLoL 2018. Com a vitória, a KaBuM será a representante brasileira no Mid-Season Invitational 2018 (MSI), que vai começar no dia 3 de maio. As Fases de Entrada e de Grupos serão nos estúdios da LCS EU, na Alemanha. Já a Fase Eliminatória e a Final serão na França.

Para finalizar o CBLoL ainda haverá a Série de Promoção no fim de semana seguinte. Flamengo tentará subir para o torneio, enquanto ProGaming, INTZ e Team One lutam pela sobrevivência no campeonato para o próximo Split. Assista pelo YouTube.

Sábado, 14 de abril:
13h – ProGaming Esports x INTZ e-Sports (Md3)
16h – Perdedor 1 x Team One e-Sports (Md3)

Domingo, 15 de abril:
13h – Perdedor 2 x Flamengo e-Sports (Md5)

VAVEL Logo