LoL: Vivo Keyd fará bootcamp de
um mês na Coreia do Sul
(Foto: Riot Games Brasil)

LoL: Vivo Keyd fará bootcamp de um mês na Coreia do Sul

Time confirma viagem e garante produção de conteúdo para os fãs

clamontalvao
Clarissa Montalvão

Buscando estar mais preparada para garantir a vitória do 2º Split do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), a Vivo Keyd confirmou nesta sexta-feira (13) que sua equipe guerreira embarca para a Coreia do Sul na segunda-feira para fazer bootcamp. Time ficará um mês no país referência do LoL para uma temporada de treinamentos. A Keyd inclusive já prometeu mostrar um pouco sobre o bootcamp produzindo conteúdo para a torcida lá na Coreia.

Time vai permanecer com a mesma lineup composta por Felipe “Yang” Zhao, Gabriel “Revolta” Henud, Gabriel “tockers” Claumann, Micael “micaO” Rodrigues e Luan “Jockster” Cardoso. Essa escalação já havia jogado junta pela INTZ, onde conquistaram muitas vitórias e esse ano os jogadores se reencontraram para lutar pela Keyd, onde o resultado não foi tão bom quanto esperavam.

Após a derrota para a KaBuM na final do 1º Split do CBLoL, surgiu a possibilidade de um bootcamp em prol da evolução dos jogadores. Esses cyber atletas veteranos vão jogar as filas ranqueadas mais difíceis do mundo na Coreia do Sul, país do melhor jogador do mundo, Faker.

Jogadores ficarão na cidade de Seul até o dia 21 de maio. Porém, o técnico Alex “Abaxial” Haibel e o assistente Lorenzo Jung não vão embarcar com os pro players. O que fará time e staff terem apenas um mês juntos para treinos presenciais antes do início do próximo CBLoL.

vantagens em levar um time para o exterior para fazer bootcamp. Time pode aprender bastante e evoluir na mecânica de jogo. Há também desvantagens, pois só é possível evoluir até um certo ponto trabalhando com uma staff remota, principalmente em fuso horário bem diferente dos jogadores – Seul fica 12h na frente de São Paulo. Staff é importantíssima para criar estratégias que usem da melhor forma possível cada habilidade individual da lineup. Nem tudo pode ser resolvido direito por TeamSpeak (TS), pois distância naturalmente gera problemas de comunicação.

Será preciso esperar o próximo CBLoL para descobrirmos se a viagem vai valer a pena para o Exódia mesmo sem a staff ou se será apenas perda de tempo.

VAVEL Logo