Novo treinador do Sporting sinaliza mais tempo de jogo a Wendel: "Mostrou potencial"
Divulgação de foto: Twitter

Novo treinador do Sporting sinaliza mais tempo de jogo a Wendel: "Mostrou potencial"

Volante ex-Fluminense foi a novidade do treinador holandês Marcel Keizer, que estreou pelos leões de Lisboa

wesley-silva
Wesley Silvali

Sem espaço desde que chegou em Portugal, a vida do volante Wendel no Sporting pode mudar para melhor.  Escanteado por dois treinadores diferentes, o ex-destaque do Fluminense foi a escolha surpresa do técnico holandês Marcel Keizer na primeira vez que ele escalou o time lisboeta oficialmente, em jogo da Taça de Portugal, vencido pelo gigante da capital pelo placar de 4 a 1 frente ao modesto Lusitano, clube que milita a Terceira Divisão do país.

Questionado por escolher inesperadamente Wendel, que pouco jogou pelo clube, Keizer foi taxativo, mostrando satisfação ao que viu nos trabalhos da semana, além de vislumbrar a efetividade do jogador em atuar em posições diferentes.

"Os jogadores precisam mostrar trabalho durante a semana e vi bastante potencial nas movimentações do Wendel. Foi por isso que ele jogou. Além de tudo, é um atleta versátil que pode atuar tanto atrás do centroavante como também em uma linha acima dos defensores."

Falta de espaço no Sporting causou problemas

Tendo saído do Brasil como um dos jogadores mais valorizados de sua posição e mirando até Seleção Brasileira, as coisas não saíram conforme o esperado para Wendel. Antes falado em clubes como PSG e Barcelona, muitos até imaginavam que o volante seria um destaque precoce e uma venda milionária e rápida do Sporting, mas tal cenário passou longe de acontecer. Titular contra o Lusitano, foi apenas a sétima partida oficial do jogador pelo clube português.

A falta de tempo de jogo gerou burburinhos, como declarações do empresário criticando a ausência de espaço, desde especulações diversas quanto a saída do jogador para atuar em outro clube. O apogeu se deu em meses atrás, quando Wendel foi "transferido" para o time sub-23 dos leões. Isso depois de faltar a um treino, após viajar (com autorização) para o Brasil.

Esperança com Keizer

Se com Peseiro e Jorge Jesus faltaram oportunidades, com o holandês Marcel Keizer aparentemente elas sobrarão. Elogioso ao futebol do jogador nascido em Duque de Caxias, a tendência é que enfim Wendel possa ter uma sequência para se desenvolver no futebol europeu.

VAVEL Logo