Sem oito titulares, Paraná tropeça em casa no Maringá

No dia em que a Vila Capanema completa 67 anos, o Paraná perdeu para o Maringá por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (23), em Curitiba, pela segunda rodada do Campeonato Paranaense 2014. Com gol no início de Gabriel Barcos, o Maringá assumiu a liderança da competição.

Com a derrota, o Tricolor é o sexto colocado, com três pontos e, na próxima rodada, enfrenta o Coritiba às 17h de domingo (26), no Couto Pereira, em Curitiba. Já a equipe de Maringá, com duas vitórias em cima das principais equipes do Paranaense (Coritiba e Paraná), assumiu a liderança isolada, com seis pontos. O próximo confronto dos maringaenses será contra o J. Malucelli às 19h30 de domingo (26), no Estádio Janguito Malucelli, também na capital.

Gol logo no início atrapalha planos do Tricolor

Com o pensamento no clássico do próximo domingo, o Tricolor entrou em campo sem oito titulares. O técnico Milton Mendes arriscou em colocar uma equipe alternativa e pagou o preço logo no início de partida. A time visitante tinha o propósito de jogar nos contra-ataques e aproveitar as falhas do adversário. E foi aos dois minutos de jogo que o Maringá abriu o placar. Após cobrança de falta de Fernandinho, o goleiro Marcos não conseguiu segurar a bola, que sobrou livre para Léo Maringá tocar para Gabriel Barcos apenas empurrar para as redes, 1 a 0.

O Paraná tinha dificuldades para chegar ao ataque e, quando chegava, encontrava o goleiro Ney em bom posicionamento. Apesar disso, o time da capital tinha a posse de bola e tentava de alguma forma empatar o confronto. O empate só não veio porque o arqueiro do Maringá defendeu uma bela cobrança de falta de Fernando Gabriel e contou com a sorte quando o atacante Léo, livre na área, chutou a bola em suas mãos. Em vantagem, o Maringá se fechou e foi para os vestiários com os três pontos.

Paraná não evita primeira derrota no estadual

Em busca de um empate, o Tricolor voltou com tudo para segunda etapa. Aos cinco minutos, Gerônimo mandou um petardo de fora da área, que passou perto do gol. Aos oito minutos, Léo perdeu uma grande oportunidade ao tentar um voleio e acabar furando. Cinco minutos depois, mais um susto pro goleiro Ney. Depois de bola alçada na área, Naylhor cabeceou para o gol, a bola ia entrando quando Reginaldo salvou em cima da linha.

O arqueiro do Maringá fez mais duas boas defesas, nos chutes de Paulo Roberto, que acabaram garantindo a vitória do time do interior. O Maringá, invicto na competição, venceu o Coritiba e o Paraná e é o líder do Campeonato Paranaense. Para o Paraná era chance de se isolar na liderança e comemorar em grande estilo o aniversário de 67 anos de sua casa: o Estádio Durival de Britto e Silva (Vila Capanema).

VAVEL Logo