Náutico faz jogo intenso e vence o líder Coritiba dentro de casa
Foto: Tiago Caldas / Clube Náutico Capibaribe

Neste sábado (6), o Náutico recebeu o líder, Coritiba, no estádio dos Aflitos, por jogo válido pela 34ª rodada do Brasileirão Série B e saiu com a vitória por 2 a 1. Os gols foram marcados por Caio Dantas e Rhaldney, pela equipe do Timbu. Nos acréscimos, Luciano Castán descontou para o Coxa.

O Náutico tenta uma arrancada improvável para se aproximar do G-4 e espantou sua sequência de três partidas sem vitória, enquanto o Coritiba, líder da competição, vinha de três partidas sem derrota, mas agora tem a posição ameaçada.

Náutico agressivo

O confronto começou à todo vapor. A equipe da casa, iniciou propondo bastante o jogo, com muita raça e velocidade nas jogadas. Quando sem a bola, pressiona bastante, marcação forte, forçando o erro do Coritiba, que não conseguiu encaixar boas jogadas  e sofreu com a marcação forte da equipe da casa. Após martelar várias vezes, aos 16 da primeira etapa, saiu o primeiro gol do jogo, com Caio Dantas para o Náutico. Depois de uma cobrança de escanteio, a bola passou por todo mundo e parou no pé do atacante, que de primeira mandou para o fundo das redes, no contrapé do goleiro Wilson.

Após tomar o gol, a equipe do Coxa deu uma acordada. Logo em seguida fez uma jogada pela esquerda que resultou em uma falta na entrada da área. A cobrança não foi muito boa, mas sobrou na ponta direita e gerou um cruzamento para o Henrique, que cabeceou por cima do gol, tirando tinta do travessão. O Alviverde ainda teve várias oportunidades ainda na primeira etapa, mas as finalizações com pouquíssima eficiência e perigo.

O lance mais perigoso da equipe do Coxa, foi nos minutos finais da primeira etapa, com Robinho, que recebeu dentro da área, dominou de frente para o gol e na hora da finalização, sem marcação, isolou a bola.

Equilíbrio e apagão

O segundo tempo começou mais morno. O Náutico segurou mais a posse de bola, sem deixar de buscar o ataque, enquanto o Coxa saiu mais ao ataque, na busca do empate, mas as jogadas não se encaixavam. Contudo, aos 8 do segundo tempo, o Náutico chegou pela esquerda, mas a finalização de Jean Carlos explodiu na defesa. No rebote, Júnior Tavares deu um passe de cabeça para Rhaldney, que finalizou de primeira para o fundo das redes, sem chances para o goleiro Wilson: 2 a 0.

O Coxa tentou responder rápido. Em saída errada do goleiro Anderson, Waguininho tentou finalizar por cobertura, mas sem sucesso. Aos 12 da etapa final, em mais uma jogada trabalhada pelo Náutico pela esquerda, a bola passou se oferecendo dentro da pequena área, Caio Dantas se esticou todo, mas não chegou. Em outro ataque pela esquerda, pela equipe do Náutico, logo na sequência, Caio Dantas outra vez antecipou o zagueiro dentro da área, mas a finalização parou no goleiro Wilson.

Aos 22 minutos, confusão e bate-boca entre Bochecha e Jean Carlos, ambos jogadores foram amarelados. Porém, o bate-boca continuou, resultando na expulsão dos jogadores.

Após as expulsões, Coritiba teve mais presença na área adversária e no último minuto do segundo tempo. Após cobrança de escanteio curta, Rafinha cruzou para dentro da área e Luciano Castán diminuiu para o líder da competição, mas o jogo acabou logo na sequência.

Após o término da partida, Marciel, do Náutico, também recebeu cartão vermelho, por reclamação.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória, o Náutico chega à oitava posição da Série B 2021, com 48 pontos. O Coritiba, após a derrota, se mantém na liderança da Serie B 2021 com 61 pontos. Ambas as equipes ficarão de olho na partida entre Botafogo x Vasco, que poderá alterar suas posições na tabela, neste domingo (7).

O Náutico volta à campo terça-feira (9), contra o Confiança, na Arena Bastião em Aracajú, pela 35ª rodada da Série B 2021. O Coxa volta à campo na quarta-feira (10), contra o Goiás, na Serrinha em Goiânia, pela 35ª rodada da Série B 2021.

VAVEL Logo