Confiança joga melhor, mas falha nas conclusões e não sai do zero com o Náutico
Foto: Lucas Almeida / AD Confiança

Ainda na luta contra o rebaixamento, o Confiança recebeu o Náutico nesta terça-feira (9), às 19h, na Arena Batistão, em Aracaju/SE, pela 35ª rodada da Série B. O resultado final não foi bom nem para um e nem para outro. O azulino até diminuiu a pontuação para sair do Z-4, mas precisará secar adversários diretos. Já o alvirrubro não tem mais chances de acesso.

Estratégias das equipes

Para o confronto o técnico Luizinho Lopes fez duas alterações em relação ao time que enfrentou e venceu o Brusque na rodada anterior: Jonathan Bocão voltou para a lateral direita depois de cumprir suspensão e Rafael Vila ganhou a vaga de Adriano no meio-campo para dar mais opção ofensiva, apesar de também ser um volante.

Com isso, o Dragão foi para o jogo no tradicional esquema 4-3-3 utilizado pelo técnico: Rafael Santos, Jonathan Bocão, Nirley, Adalberto e João Paulo; Madison, Rafael Vila e Álvaro; Ítalo Melo, Willians Santana e Hernane Brocador.

Reservas: Careca (GOL), Luan Bueno, Vinícius Santana, Vinícius Barba, Lucas Sampaio, Adriano Júnior, Tiago Reis, Lohan, Neto Berola, Robinho, Gedeílson e Luidy.

Já o treinador Hélio dos Anjos teve seis desfalques e precisou mexer na equipe. Júnior Tavares, Jean Carlos, Hereda, Trindade, Marciel e Caio Dantas estiveram indisponíveis. Com isso, o treinador manteve a formação, trocando apenas jogadores que fazem a mesma função dos desfalques citados.

Assim, o Timbu foi para o jogo no 4-2-3-1 comumente utilizado nas partidas com: Anderson, Thássio, Camutanga, Rafael Ribeiro e Guilherme Nunes; Djavan e Matheus Jesus; Rhaldney, Jaílson e Vinícius; Álvaro. 

Suplentes: Renan (GOL), Luan, Carlão, Luiz Henrique, Giovanny, Carpina, Vargas, Jacob Murillo e Paiva.

Superioridade e ineficiência nas conclusões

O primeiro tempo foi de ritmo bem lento na partida para ambos os lados e o já conhecido estilo de jogo do Confiança apareceu do início ao fim, com a marcação bem encaixada, espaços fechados e velocidade nos contra-ataques.

O contraste se resume nos números, com o Timbu com 64% de posse de bola e 36% do Dragão. Nas finalizações, entretanto, foram oito dos mandantes e quatro dos visitantes. Ou seja, a estratégia do time comandado por Luizinho Lopes foi melhor executada.

Como ponto positivo por cada lado vale destaque para o centroavante Hernane Brocador, que fez muito bem o pivô, ganhando dos zagueiros próximo e mais longe da área, além de ajudar na marcação que bate de frente com a saída de bola do adversário. Pelo alvirrubro o lateral Thássio se sobressaiu, aproveitando vem os espaços nas costas de João Paulo, espaço esse que foi melhor preenchido depois de inversão entre Ítalo e Willians Santana.

Para o segundo tempo os donos da casa voltaram com mais agressividade na marcação e também para construção das jogadas ofensivas. Tanto que criou três chances muito perigosas para o goleiro Anderson, com Rafael Vila, Hernane - que parou em grande defesa do arqueiro alvirrubro - e Madison. 

Os visitantes, ainda criaram uma grande chance em cruzamento de Thássio para Vinícius finalizar pra fora da linha da pequena área. No mais, o Timbu sucumbiu ao adversário, sendo sufocado e sem conseguir assustar o goleiro Rafael Santos.

Aos 22 minutos, ainda houve uma jogada bem polêmica em contra-ataque do Confiança. Neto Berola foi derrubado na área após levar vantagem na velocidade, mas a arbitragem e o VAR entenderem como contato normal de jogo.

No mais, o Dragão pressionou o adversário, teve oportunidades nos contra-ataques, mas pecou e muito no último toque para conclusão e não conseguiu conquistar os três pontos atuando em seus domínios. Agora, precisará secar os rivais diretos para se manter firmo na disputa contra o Z-4.

Classificação e próximos compromissos

Com o resultado o time sergipano ficou na 18º colocação, com 35 pontos ganhos até este momento. Agora, o azulino vira as atenções para o embate diante do CSA que acontece na próxima sexta-feira (12), às 21h30, em Alagoas.

Já os pernambucanos ficam na oitava posição, com 49 pontos conquistados na competição e agora se concentram no confronto contra o Sampaio Corrêa, na próxima segunda-feira (15), às 18h, em Pernambuco.

Standings provided by SofaScore LiveScore
VAVEL Logo