Com promessa de casa cheia, Avaí enfrenta Sampaio Corrêa para garantir acesso
Torcida compareceu no último treino na Ressacada (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Ressacada será palco de mais um jogo inesquecível na história do Avaí, que só depende de si para retornar à Série A. Todos os ingressos foram vendidos para a partida do Leão diante do Sampaio Corrêa neste domingo (28). A torcida azurra tem a expectativa de mais um acesso na era dos pontos corridos, o quinto nos últimos 14 anos.

A bola rola em Florianópolis para a última rodada da Série B 2021 às 16h. No primeiro turno, o Avaí venceu no Maranhão por 2 a 0, com gols de Copete e Lourenço. No total, as equipes já se enfrentaram 12 vezes, com oito vitórias do Leão, duas do Sampaio Corrêa e dois empates.

Expectativas foram criadas

A vitória por 2 a 1 sobre o Náutico, em Recife, na rodada passada colocaram o Avaí em posição de depender apenas de si para conseguir o acesso. O Leão chega para o confronto contra o Sampaio Corrêa com 61 pontos, na quarta colocação, com um a mais que o CRB, quinto colocado. CSA e Guarani são os outros times que ainda brigam pela quarta vaga.

O Leão, porém, é o único que depende apenas de si. A torcida vai apoiar em peso, já que todos os ingressos já haviam esgotado na sexta-feira (26). O Avaí conseguiu com o governo de Santa Catarina a liberação dos 17,8 mil lugares na Ressacada.

Uma parte desses torcedores, inclusive, já foi ao estádio neste sábado (27) para apoiar o time no último treino antes da decisão. “É importante que essa sinergia entre a torcida e os atletas já inicie no dia de hoje. Eles podem nos ajudar muito. Sabemos da força deles”, disse o capitão Betão.

Cenários

O Avaí só depende de si para subir: se vencer, garante o retorno à Série A. Caso empate, precisa que CRB e CSA não vençam. Se o Leão perder, só assegura a volta à elite se os alagoanos e também o Guarani não triunfem. O time catarinense está em busca do quinto acesso nos pontos corridos - os outros foram em 2008, 2014, 2016 e 2018.

Para a partida contra o Sampaio, o técnico Claudinei Oliveira tem um novo desfalque: Jean Cléber, com lesão no pé direito, se junta a Diego Renan no Departamento Médico. O mais provável é que Marcos Serrato entre no seu lugar, mas Rômulo e Valdívia também são opções mais ofensivas. Além deles, o lateral Iury, que é reserva, está suspenso pelo vermelho que recebeu contra o Náutico.

Provável escalação do Avaí: Gledson; Edilson, Alemão, Betão, João Lucas; Bruno Silva; Copete, Serrato, Lourenço, Vinícius Leite; Getúlio.

Promessa de seriedade

Após um ótimo primeiro turno, a campanha do Sampaio Corrêa desandou na segunda parte do campeonato. O time maranhense fez a quinta melhor campanha nas primeiras 19 rodadas, com 30 pontos somados. No returno, porém, a Bolívia Querida tem apenas o 17º melhor rendimento, com 17 pontos e quatro triunfos conquistados.

Na rodada passada, o Sampaio ficou no 1 a 1 com o Cruzeiro, em São Luís, resultado que eliminou qualquer chance de rebaixamento. A Bolívia Querida entra em campo na 14ª colocação, com 47 pontos.

Apesar de estar com a vida resolvida, o volante Ferreira garante que o Sampaio Corrêa vai entrar focado diante do Avaí. "Nós estamos encarando esse jogo com a mesma seriedade das outras 37 rodadas. Vamos entrar em campo para buscar um bom resultado".

O técnico João Brigatti deve fazer mudanças em todos os setores em relação à última partida. Os laterais Alyson e Watson estão recuperados e devem voltar ao time titular, assim como o meia Eloir. Já o atacante Pimentinha e o lateral Maurício estão fora, com lesão.

Provável escalação do Sampaio Correâ: Luiz Daniel; Watson, Alan Godói, Nilson Júnior, Alyson; Betinho, Ferreira; Roney, Eloir, Gui Campana; Jackson.

Arbitragem

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Árbitro Assistente 1: Eduardo Goncalves da Cruz (MS)
Árbitro Assistente 2: Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistente do VAR: Silbert Faria Sisquim (RJ)

VAVEL Logo