Corinthians consegue empate com São Paulo e se mantém na liderança do Brasileiro
Foto: Divulgação / CBF

Neste domingo (22), o Corinthians e São Paulo, empataram, na Neo Química Arena, em partida válida pela sétima rodada do Brasileirão. Após um primeiro tempo dominado pelo tricolor, o gol veio no final da etapa, com Calleri, porém, na segunda parte da partida, Adson empatou para os corintianos. Com isso, a partida terminou empatada por 1 a 1, e o Timão se garantiu mais uma rodada na liderança do campeonato e, de quebra, manteve o tabu de nunca ter perdido um Majestoso em seu estádio (inaugurado em 2014).

Majestoso quente

Em mais um Majestoso quente, o São Paulo só não terminou com vantagem maior, porque Cássio fez grandes defesas pelo lado do Corinthians. Os primeiros foram nas oportunidades de Alisson, em um bonito chute, e na cabeçada de Calleri, além de uma sequência de chutes no final da primeira etapa. 

Porém, antes disto, o Timão começou o jogo com pressão. Renato Augusto tinha bastante liberdade no meio de campo, e Willian levava vantagem sobre Igor Vinicius pelo lado esquerdo. Mas, depois dos 15 minutos iniciais, o Tricolor conseguiu se ajustar, e passou a tomar conta das ações, nisso, os são-paulinos ganharam o meio-campo e confundiu a linha de três zagueiros dos corintianos. 

Mesmo assim, o Corinthians marcou primeiro. Em escapada pela direita, Renato Augusto conseguiu cruzamento perfeito para vencer a marcação de Arboleda e mandar para o fundo das redes, porém, o lance foi anulado por impedimento do camisa 8. 

Depois de ter lavado este susto, o São Paulo voltou a pressionar, e também não se deixou abalar com a confusão gerada nos acréscimos, após falta de Du Queiroz em Reinaldo. Em seguida, Calleri recebeu de Alisson dentro da área, dominou e mandou para dentro do gol, desta vez, sem chances para Cássio, fazendo 1 a 0 para o Tricolor, até então, um resultado justo pelo que foi mostrado na primeira etapa. 

A segunda etapa voltou com surpresas, e mesmo com o bom desempenho da equipe, Rogério Ceni subiu dos vestiários com três mudanças. Isto fez com que o São Paulo se perdesse com as alterações, e praticamente ficou nulo no segundo tempo, deixando a bola em grande parte do tempo com o Corinthians. O Tricolor se limitou em a tentar ganhar tempo, administrar sua vantagem e tentar impedir as ações de seu rival. 

Vítor Pereira voltou com Adson no lugar de Gil, tirando a linha de três zagueiros e empurrando os visitantes para seu campo de defesa. No entanto, os principais nomes do elenco corintiano, como Renato Augusto e Willian não estavam em tarde boa, e estavam errando muito.

Porém, quem teve a melhor oportunidade foi o São Paulo, com Eder, que recebeu em profundidade, driblou o Cássio e marcou o gol. O lance, porém foi anulado por impedimento.

Após o susto, o Timão fez mais três mudanças, e aí sim começou a melhorar na partida. Aos 34, Lucas Piton tabelou com Júnior Moraes - ambos tinham acabado de entrar na partida -, e o camisa 6 cruzou na cabeça de Adson, que entrou rápido dentro da área e finalizou, sem chances para Jandrei: 1 a 1.

Com este gol, a torcida corintiana começou a inflamar e empurrar o Corinthians, que no fim, pressionou os visitantes, mas não conseguiu chegar ao gol da virada. Mesmo assim, quem acabou tendo a melhor chance neste fim, foi o São Paulo, com Igor Gomes, que parou em Cássio novamente. No final, o arqueiro corintiano após executar uma defesa, acabou lesionando o ombro e foi substituído por Matheus Donelli, já aos 50. Poucos minutos depois, a partida foi finalizado com o 1 a 1 no placar.



Cantos homofóbicos

Com um público de 44.672 pessoas, e uma festa linda na Neo Química Arena, não foram só coisas boas que veio por parte da torcida. Já no segundo tempo da partida, o árbitro Wilton Pereira Sampaio, alertou os seus companheiros de arbitragem sobre gritos homofóbicos da torcida do Corinthians.

Como os times ficam?

Com este empate, o Corinthians chega aos 14 pontos, e se mantém na liderança da competição, enquanto o São Paulo sobe para 12, empatado com Palmeiras, Atlético-MG e Botafogo - o Tricolor fica em terceiro colocado, a frente dos mineiros e cariocas, porém, perde nos critérios de desempate para seu rival, que favorece a equipe alviverdes, que se mantém em segundo.

Próximos jogos

O Corinthians enfrentará o Always Ready na próxima quinta-feira (26), às 21h, na Neo Química Arena, pela última rodada da fase de grupos da Copa Libertadores, o Timão precisa de uma vitória simples para confirmar a classificação às oitavas de final da competição. Já o São Paulo, enfrentará o Ayacucho na quarta-feira (25), às 19h15, no Morumbi. O Tricolor já está classificado às oitavas da Sul-Americana e apenas cumpre tabela.

VAVEL Logo