Pizzi vs Bruno Fernandes

Pizzi vs Bruno Fernandes

Este sábado escreve-se mais um capítulo na história do dérbi lisboeta. Vamos olhar para os números de Pizzi e de Bruno Fernandes para perceber o papel que têm na respetiva equipa.

marcelo-morais
Marcelo Morais

Benfica e Sporting são equipas bastante diferentes, com modelos de jogo próprios e desenhos táticos personalizados à imagem do plantel disponível. Apesar disso, ambas equipas dependem bastante do seu médio organizador de jogo. Neste texto vamos olhar os números de Pizzi e de Bruno Fernandes e comparar os desempenhos de ambos jogadores.

Pizzi:

O camisola 21 do Benfica arranca para a quinta época ao serviço das águias. Chegou ainda como um ala, mas acabou por ser transformado num autêntico médio centro, ainda no Benfica de Jorge Jesus. O seu protagonismo nos encarnados foi de menos a mais. Com a saída de Enzo Pérez para o Valência, o internacional português tomou lugar no meio campo das águias e aí se mantém, sendo um dos pilares da equipa.

Com 180 jogos ao serviço do Benfica, Pizzi é um titular indiscutível para Rui Vitória. Os números falam por si: cerca de 50 jogos por época. Na temporada 2016/17 foi considerado o melhor jogador da Liga NOS e foi uma peça fundamental para a conquista do tetracampeonato encarnado. Já na época posterior, o seu baixo rendimento foi apontado por muitos como uma das causas do insucesso do Benfica.

No entanto o melhor Pizzi parece estar de volta. O médio transmontano começou a época com um hat-trick frente ao Vitória de Guimarães na jornada inaugural do campeonato. Marcou também na visita ao Boavista e fez uma exibição notável na receção ao PAOK. O internacional português chega com muita confiança ao jogo frente ao Sporting.

Bruno Fernandes:

O jovem médio do Sporting está na segunda época ao serviço do clube de Alvalade. Apesar ter rescindido contrato na altura do auge das polémicas com Bruno de Carvalho, Bruno Fernandes assinou novo contrato com os leões.

Contratado à Sampdoria, o jovem internacional português teve uma época fantástica na Liga portuguesa. Foi mesmo distinguido com o prémio de melhor jogador da Liga NOS. Fez mais de 50 jogos na época anterior e foi uma peça fundamental do esquema tático do Sporting de Jorge Jesus e promete sê-lo ao serviço de José Peseiro.

O seu bom desempenho na época anterior agradou ao selecionador nacional e o jogador fez parte dos convocados para o Mundial da Rússia.

Bruno Fernandes também começou a época com um golo na vitória do Sporting na visita ao Moreirense. 

 

Dois médios, dois portugueses, dois jogadores com um boa visão de jogo e com faro para o golo. Resta saber quem leva a melhor no jogo de sábado. 

VAVEL Logo