Com apenas um treino para jogo contra Manaus, Dado Cavalcanti faz mistério no Paysandu
Única atividade realizada pela equipe bicolor foi realizada na Curuzu, palco do duelo (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

Classificado à final do Estadual após eliminar o Bragantino, de maneira heroica, o Paysandu vai começar disputa por vaga na decisão também da Copa Verde 2018. No único treinamento realizado para enfrentar o Manaus, na tarde desta segunda-feira (26) na Curuzu, Dado Cavalcanti não deu indicativos, mas deve promover mudanças na equipe.

No confronto contra o time de Bragança, surpreendeu e tirou Matheus Müller da lateral-esquerda, colocando o volante Nando Carandina para o setor. Ante o Manaus, porém, indica o retorno do lateral e do cabeça de área às respectivas funções de origem, deixando ainda uma dúvida para definir momentos antes da bola rolar.

Para a partida do regional, não vai poder contar com o zagueiro Diego Ivo, que sofreu lesão muscular na coxa direita e já realiza o tratamento junto aos médicos. Outro que também fica fora é Renato Augusto, pois também está em trabalho de fortalecimento no músculo e Cáceres vai seguir na zona de marcação.

Autor de um dos gols contra Bragantino, zagueiro Diego Ivo é desfalque (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Autor de um dos gols ante Bragantino, zagueiro Diego Ivo é baixa no bicolor (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

Na zaga, quem entra é Fernando Timbó, atuando ao lado de Edimar, já que Perema ainda está na transição física. O jovem Willyam também é desfalque por falta de ritmo e condições de atuar, fazendo que o meio-campo não seja definido, com Danilo Pires e Fábio Matos disputando o espaço na armação, ocupado por Walter no fim de semana.

Se antes havia um revezamento no gol, o comandante decidiu manter Marcão pelas boas atuações e segurança à meta bicolor. Já pela lateral-direita, Maicon Silva vinha sendo criticado pelos torcedores do Papão, todavia permanece como titular absoluto, com Matheus Silva entre os suplentes.

O ataque, que vem sendo avassalador na atual temporada, é o mesmo utilizado durante o Parazão e os últimos jogos dos paraenses, formado por Mike e Moisés nas pontas, enquanto Cassiano cai na referência. Se não tiver nenhuma nova baixa para o confronto, Dado escala o PSC no 4-2-1-3 com: Marcão; Maicon Silva, Edimar, Fernando Timbó e Matheus Müller; Nando Carandina e Cáceres; Danilo Pires (Fábio Matos); Mike, Cassiano e Moisés.

VAVEL Logo