Semifinal Copa Verde 2018: tudo que você precisa saber sobre Manaus x Paysandu

Equipes vão duelar nesta quarta-feira (11), às 21h, pela partida de volta da semifinal da Copa Verde 2018 na Arena da Amazônia

Semifinal Copa Verde 2018: tudo que você precisa saber sobre Manaus x Paysandu
Papão levou a melhor no jogo de ida e joga pelo empate para avançar à decisão (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

A quinta edição da Copa Verde está chegando ao final e pode reservar grandes surpresas. Na atual temporada, estão nas semifinais Manaus, PaysanduAtlético-ES Luverdense, com os bicolores e os alviverdes buscando o segundo título, enquanto capixabas e amazonenses visam a conquista inédita.

O que vale?

Nesta quarta-feira (11), Papão e Gavião duelam na partida de volta, às 21h, na Arena da Amazônia em Manaus valendo uma vaga na decisão. Na ida, vitória por 2 a 1 a favor dos paraenses, que os faz jogar pelo empate, já os amazonenses precisam vencer pelo placar mínimo para avançar.

Escalações prováveis

Gavião do Norte vai embalado após bicampeonato do Amazonense (Foto: Raiana Barreto/Manaus FC)
Gavião do Norte vai embalado após garantir bicampeonato do Amazonense (Foto: Raiana Barreto/Manaus FC)

Manaus: Jonathan; Igor, Deurick, Derlan e Negueba; Juninho e Panda; Cleitinho e Hamilton; Rossini e Nena

Desfalques: nenhum

Dúvidas: nenhuma

Papão busca esquecer vice no Paraense e usa Copa Verde como motivadora (Foto: Ronaldo Santos/Paysandu)
Papão busca esquecer vice no Paraense e usa Copa Verde como motivadora (Foto: Ronaldo Santos/Paysandu)

Paysandu: Marcão; Matheus Silva, Diego Ivo, Edimar (Perema) e Matheus Müller; Willyam e Nando Carandina; Pedro Carmona; Mike, Cassiano e Moisés

Desfalques: lateral-direito Maicon Silva, zagueiro Fernando Timbó e volantes Cáceres e Renato Augusto (se recuperam de lesão); lateral-esquerdo Victor Lindenberg e meia Marquinho (opção); e atacante Walter (em negociação com o CSA)

Dúvida: Perema não estava 100% e Edimar vinha atuando no setor

Arbitragem

Trio de arbitragem para o confronto é todo do Tocantins. Apita Alisson Sidnei Furtado, que integra ainda o quadro da CBF. Ele vai ser auxiliado pelos conterrâneos Fábio Pereira e Cipriano da Silva Sousa, membros também do escalão nacional. Catarinense, Alisson é profissional desde 2009, quando tinha apenas 22 anos.