Em partida marcada por muitos erros, Paysandu é mais eficiente e vence Ponte Preta fora de casa
Foto: Fábio Leoni/Ponte Press

Em partida marcada por muitos erros, Paysandu é mais eficiente e vence Ponte Preta fora de casa

Sem presença da torcida no Moisés Lucarelli, Papão leva a melhor diante da Macaca na estreia da Série B pelo placar mínimo

reportermateus
Mateus Schuler
Ponte PretaIvan; Tony, Reynaldo (Murilo, intervalo), Renan Fonseca e Marciel (Felippe Cardoso, min. 75); Nathan, Paulinho e Lucas Mineiro; Felipe Saraiva (André Luís, min. 65), Júnior Santos e Orinho. Técnico: Doriva
PaysanduRenan Rocha; Diego Ivo, Edimar e Perema; Danilo Pires (Matheus Silva, min. 8), Nando Carandina, Pedro Carmona (Willyam, min. 80) e Matheus Müller; Mike, Cassiano e Moisés (Magno, min. 73). Técnico: Dado Cavalcanti
Placar0-1, min. 3, Cassiano
ÁRBITROPéricles Bassols Pegado Cortez (PE). Cartões amarelos: Nathan (min. 49), Matheus Müller (min. 67) e Renan Rocha (min. 84)
INCIDENCIASPartida válida pela 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, disputada no Moisés Lucarelli, em Campinas, em São Paulo

Ausência de torcida no Moisés Lucarelli, na noite deste sábado (14), foi favorável ao Paysandu no jogo de estreia da Série B do Campeonato Brasileiro 2018. Com gol marcado por Cassiano no início do primeiro tempo, o Papão levou a melhor contra a Ponte Preta por 1 a 0 pela 1ª rodada.

Depois de vencer pelo placar mínimo, os bicolores começam o torneio nacional com o pé direito, somando os primeiros três pontos, ficando na 7ª colocação e sendo o único visitante a vencer. A Macaca, contudo, fica na 16ª posição após a estreia com derrota em seus domínios e não pontuou ainda.

Os times voltam a campo, pela 2ª rodada da Segundona, já na próxima semana. Os paulistas vão até o interior de Santa Catarina para encarar o Criciúma, no Heriberto Hülse, às 19h do sábado (21), já os paraenses fazem estreia como mandante recebendo o Londrina no Mangueirão, às 21h30, na sexta-feira (20).

A partida começou sem muitas emoções, pois as equipes buscaram ter o melhor ritmo dentro de campo. Em descuido da zaga da Ponte Preta, Cassiano apareceu como uma verdadeira bala e fuzilou de primeira no canto esquerdo de Ivan, que apenas observou a bola adentrar a meta, abrindo o placar.

Macaca é mais intensa, mas Papão se segura bem para estrear com vitória (Foto: Fábio Leoni/Ponte Press)
Macaca é mais intensa, porém Papão se segura bem para estrear com vitória (Foto: Fábio Leoni/Ponte Press)

Os pontepretanos, sentindo a desvantagem, foram para cima visando o empate, porém não foram criativos e pouco assustaram. Explorando um erro de Perema, Júnior Santos ficou de frente para Renan Rocha e mandou uma bomba, mas parou em um verdadeiro milagre do goleiro do Paysandu. No fim do primeiro tempo, Paulinho chutou forte de fora da área e o camisa 1 interveio.

Para a etapa final, a Macaca veio com Murilo na vaga de Reynaldo, que aumentou o poder de ofensividade da equipe. A mexida não surtiu um efeito imediato, já que o Papão foi mais cauteloso ao deter a posse de bola, saindo bem na transição da defesa ao ataque. Ainda assim, os 20 minutos iniciais pouco foram intensos, com os times sem criatividade.

Mesmo fora de seus domínios, os paraenses não abdicaram de atacar, procurando aproveitar erros dos defensores adversários. Apesar disso, Mike deu um passe milimétrico e preciso na pequena área ao autor do gol, que emendou um foguete de primeira e finalizou próximo à trave direita.

O bom comportamento dos visitantes no sistema defensivo continuou até o fim da partida, principalmente após entrada de Willyam, fazendo uma linha de cinco homens. Os alvinegros até conseguiram fazer uma pressão maior, mas não conseguiram furar o bom bloqueio e tiveram uma estreia negativa em seus domínios.

VAVEL Logo

Paysandu Notícias

há 23 dias
há 23 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 2 meses
há 3 meses