Na próxima quarta-feira (29), o Botafogo viajará até o capital do Paraná para enfrentar o já rebaixado Coritiba no estádio Couto Pereira. Esse jogo é de suma importância para as pretensões de título brasileiro do Fogão, visto que apenas um ponto o separam de Palmeiras e Flamengo.

Já o Coxa encara essas últimas rodadas do campeonato já planejando a Série B do ano que vem. Por isso Guto Ferreira foi apresentado como novo comandante da equipe substituindo Tiago Kosloski. No retrospecto geral, o Botafogo leva vantagem no número de vitórias: em 54 partidas foram 23 triunfos do Glorioso contra 17 do alviverde, além de 14 empates.

  • Coritiba

O Coxa, como dito anteriormente, já está matematicamente rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Brasileiro após derrotas para o Fluminense na última rodada. O clube possui o segundo pior desempenho jogando em casa com somente quatro vitórias em 17 confrontos.

O alviverde não contará com Sebastián Gómez suspenso pelo terceiro cartão amarelo, além dos lesionados Gabriel, Henrique e Slimani. A boa notícia é a volta de Robson e Marcelino Moreno.

Provável escalação do Coritiba: Luan Polli; Natanael, Thalisson Gabriel, Kusevic e Victor Luis; Willian Farias, Andrey, Bruno Gomes; Diogo Oliveira (Matheus Bianqui), Garcez e Robson (Jesé). Técnico: Guto Ferreira.

Vivendo uma realidade completamente diferente, o Glorioso entrará em campo com uma missão bem definida: vencer o jogo. A última vitória do alvinegro carioca no campeonato foi há mais de um mês atrás quando venceu o América-MG no Independência. Nesse período foram oito jogos sem vencer sendo quatro empates e quatro derrotas (duas delas por 4x3 de virada para Palmeiras e Grêmio em casa).

A campanha do time fora de casa empolga o torcedor, visto que eles são o quinto melhor visitante da competição, o que preocupa é o aproveitamento da equipe no segundo turno. O lateral esquerdo Hugo estará de volta ao time após cumprir suspensão, porém Danilo Barbosa será desfalque pelo terceiro amarelo.

Provável escalação do Botafogo: Lucas Perri; Tchê Tchê, Adryelson, Victor Cuesta e Hugo; Marlon Freitas, Gabriel Pires, Eduardo; Victor Sá, Júnior Santos e Tiquinho Soares. Técnico: Tiago Nunes

  • Arbitragem

Árbitro: Rodrigo José Pereira de Lima - PE

Assistente 1: Luanderson Lima dos Santos (FIFA) - BA

Assistente 2: Eduardo Gonçalves da Cruz - MS

VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (VAR-FIFA) - RN

VAVEL Logo
Sobre o autor