Com golaço nos acréscimos, Paraná bate URT e avança para a segunda fase da Copa do Brasil

Tricolor conseguiu empate nos acréscimos com belo chute de fora da área de Alemão em Minas Gerais e se classificou; agora, enfrentará Sampaio Corrêa

Com golaço nos acréscimos, Paraná bate URT e avança para a segunda fase da Copa do Brasil
Foto: Divulgação/Paraná
URT
1 1
Paraná
URT: Carlão; Carlinhos, Rodolfo, Victor Sallinas e Ewerton Maradona (Dão); Douglas Maia, Jô, Bruninho (Thiago Pereira) e Eduardo Ramos (Diogo Orlando); Raphael Macena e Felipe Alves.
Paraná: Thiago Rodrigues; Alemão, Charles, Neris e Mansur; Leandro Vilela (Gabriel Pires), Wesley (Vitor Feijão), Zezinho e João Paulo (Lucas Fernandes); Felipe Augusto e Zé Carlos.
Placar: 1-0, min. 5/1ºT ||| 1-1, min. 45/2ºT.
ÁRBITRO: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão, auxiliado por Márcio Soares Maciel e Edson Antônio de Sousa.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela primeira fase da Copa do Brasil, disputado no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas, no dia 1º de fevereiro.

O regulamento da Copa do Brasil dá a vantagem do empate para as equipes visitantes nas fases iniciais do torneio [times mais bem rankeados], e foi dessa forma que o Paraná conseguiu avançar para a segunda etapa nessa quinta (1º). A equipe do Sul foi até o estádio Zama Maciel, em Patos de Minas (MG) e empatou com a URT em 1 a 1, garantindo-se na próxima fase.

O gol paranista foi marcado por Alemão na marca dos 45 minutos do segundo tempo. No momento, o time mineiro era quem estava se classificando, quando foi castigado pelo tento do lateral-direito em um belo chute de fora da área. O gol da URT foi anotado por Ewerton Maradona, ainda na etapa inicial.

Agora, pela segunda fase da Copa do Brasil, o Paraná vai enfrentar o Sampaio Corrêa, que passou pelo Independente-PA. O duelo ainda não tem data e horário divulgados, mas o time do Sul segue atuando longe de seus domínios.

URT abre o placar e vai para o intervalo com vantagem

Atuando em casa, a URT conseguiu um gol logo no começo da partida. Aos 5 minutos da etapa inicial, a equipe de Patos de Minas roubou bola e subiu com Macena, que tentou dar passe. A bola, então, bateu na marcação paranista e sobrou para Ewerton Maradona, que finalizou de fora da área: 1 a 0 para o Trovão Azul.

A equipe mandante seguiu pressionando, com mais presença no ataque, e quase ampliou aos 15. Carlinhos driblou a marcação do Paraná e cruzou para Felipe Alves, mas a bola passou direto para a linha de fundo. Com o resultado desfavorável, o time visitante passou a sair mais para o jogo, porém sem sucesso à frente.

O Paraná quase empatou o duelo já na reta final do primeiro tempo, aos 42. Felipe Augusto deu passe para Zé Carlos, que finalizou rápido já dentro da área mineira. O atacante, no entanto, pegou forte demais e mandou para fora. Um minuto depois foi a vez de Zezinho tentar estufar as redes da URT, mas mandou por cima da meta mineira.

Paraná empata no fim e avança para a segunda fase da Copa do Brasil

Se a URT chegou bem contra a meta do Paraná logo no começo do primeiro tempo, na etapa final foi da mesma forma. Com três minutos de jogo, Carlinhos cruzou na cabeça de Felipe Alves, que, em meio à zaga e com possibilidade de estufar as redes adversárias, mandou direto para fora. Aos 9, foi a vez de Zezinho assustar ao roubar a bola e forçar bela defesa de Carlão em chute longo do meia.

Um minuto depois de chegar com perigo ao gol da URT, o Paraná voltou a assustar. Após bola rebatida em cobrança de escanteio, Felipe Augusto pegou a sobra e mandou bem perto da trave. Em resposta, Bruninho lançou Maradona, que dominou e tentou encobrir Thiago Rodrigues mas mandou por cima do gol.

Com desvantagem no placar, o Paraná começou a pressionar a URT. Aos 37, Gabriel Pires cobrou falta direto contra a meta de Carlão, mas a bola não entrou. No minuto seguinte, o time da casa tentou com Macena, que recebeu passe e finalizou de primeira para fora. A equipe visitante, nessas fases iniciais da Copa do Brasil, têm a vantagem do empate, o que o clube paranaense conseguiu.

Com o relógio indicando quase 46 do segundo tempo, Alemão aproveitou continuidade de cobrança de escanteio, limpou a jogada de fora da área e soltou uma bomba. Depois de bater no travessão, a bola bateu nas costas do goleiro Carlão e entrou: 1 a 1, gol nos acréscimos e classificação do Paraná fora de casa.