Argel vibra com goleada do Vitória, mas pede cautela: 'Ainda não conquistamos nada'

Zagueiro Victor Ramos também desabafou após goleada do Leão por 4 a 0 sobre o Figueirense e Marinho celebra triunfo

Argel vibra com goleada do Vitória, mas pede cautela: 'Ainda não conquistamos nada'
Argel vibra com o resultado elástico, mas avisa que o Vitória ainda precisa de mais um triunfo. (Foto: Francisco Galvão / E.C. Vitória)

O Vitória fez o dever de casa com maestria e segue firme na luta contra o rebaixamento. Jogando em casa, no estádio do Barradão, o Leão goleou o Figueirense por 4 a 0 na tarde deste domingo (20), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Willian Farias, Zé Love, Kieza e Marinho anotaram os gols do triunfo. Com o resultado, o rubro-negro baiano somou 42 pontos na 16ª colocação e jogou a responsabilidade no colo do Internacional, 17º com 39, que enfrentará o Corinthians nessa segunda-feira (21). Já os rivais catarinenses, que ocupam a 18ª posição com 34 pontos estão matematicamente rebaixados para a Série B do Brasileirão em 2017.

Na entrevista coletiva, o técnico rubro-negro Argel Fucks vibrou com o resultado, mas pediu cautela na comemoração e avisou que a guerra contra o descenso ainda não acabou. "Fizemos um jogo fantástico e poderíamos até ter um resultado maior, pois tivemos chances, volume de jogo e soubemos matar o adversário no momento certo. Um adversário que tem qualidade e a gente conhece bem. A gente está de parabéns, estamos vivos, mas não conquistamos nada. Precisamos de mais uma vitória. O mais importante é que saímos fortalecidos e estamos vivos", afirmou.

Quem também comemorou a grande vitória foi o atacante Marinho. Ele destacou a entrega dos jogadores durante a partida. "Não é um 4 a 0 que nos deixa feliz, mas a entrega. Esse comprometimento que a gente gosta de ver. No jogo passado errou todo mundo, foi falha coletiva. Temos que elogiar e falar quando tá errado. Hoje a equipe entrou aqui determinada em fazer o resultado. Hoje estamos felizes por essa vitória", disse.

Já o zagueiro Victor Ramos, que falhou num dos gols sofridos pelo Vitória na derrota para o Santos na última quinta-feira (17), fez um desabafo após o final da partida contra o Figueira. "Futebol é isso. Muita gente falou merda. Eu sei do meu potencial. Tenho 27 anos e já joguei fora do Brasil e depois vou para fora do Brasil de novo. O time está de parabéns. Futebol não é só um. Futebol não é tênis. São 11 jogadores em campo. Estou feliz com a vitória", declarou.

O próximo desafio do Vitória será contra o Coritiba no estádio do Couto Pereira, em Curitiba. O duelo está marcado para a próxima segunda-feira (28), às 20h de Brasília.