Raio-X Claudio Ranieri: técnico do ano no «conto de fadas britânico»

Claudio Ranieri foi eleito pela FIFA como o melhor treinador do mundo em 2016, superando Fernando Santos, que venceu o Euro com Portugal e Zinedine Zidane que conquistou a Liga dos Campeões, pelo Real Madrid.

Raio-X Claudio Ranieri: técnico do ano no «conto de fadas britânico»
Ranieri venceu a Liga Inglesa com o Leicester (Foto: thesun.co.uk)

Ao cabo de 30 anos como técnico Claudio Ranieri conquistou em 2016, aquele que será provavelmente o maior feito da sua carreira. O italiano venceu a Liga Inglesa com o Leicester City, algo totalmente improvável dada a dimensão do clube inglês, que por norma luta para não descer de divisão. De resto a 15ª quinta posição que ocupa actualmente na tabela classificativa é bem elucidativa disso mesmo.

Foi um autêntico «conto de fadas», vivido pelos Foxes que aproveitaram da melhor maneira uma temporada desastrosa dos principais emblemas ingleses, eles próprios que nunca pensaram ver o Leicester aguentar-se no topo da tabela. Só que aqui o mérito vai todo para Ranieri, que a meio da época começou acreditar que era possível fazer história, e mais importante conseguiu transmitir essa mensagem aos seus jogadores.

Claudio Ranieri venceu a Premier League com o Leicester City (Foto: thesun.co.uk)

Claudio Ranieri é um verdadeiro globetrotter dado os vários clubes que orientou até hoje na sua carreira. Ao todo foram quatorze emblemas, mais a selecção da Grécia, de onde saiu após quatro jogos sem qualquer vitória na qualificação para o Euro 2016, rumando ao Leicester, também por isto a sua vitória com o conjunto inglês ganha mais impacto.

Como um bom técnico italiano que se preze, Claudio Ranieri começou a sua carreia a orientar formações transalpinas. Os seus primeiros troféus de relevo surgiram em 1996 ao serviço da Fiorentina, ao vencer a Taça e Supertaça de Itália. De resto Ranieri já tinha ganho a Serie B com os «Viola» em 1994. Rumou depois para Valência onde esteve entre 1997 e 1999, tendo vencido pelo emblema espanhol a Taça do Rei e a Supertaça Europeia, ao derrotar na final por 2-1 o FC Porto.

A partir daqui a carreira de Claudio Ranieri entrou num «deserto» de títulos mesmo tendo passado por diversos clubes do topo europeu, como Chelsea, Roma, Inter ou Juventus. Em 2013 foi para a França e conduziu o Monaco à primeira divisão francesa, depois de conquistar a segunda liga com os monegascos. Agora ao serviço do Leicester City, o italiano apesar de estar a fazer um campeonato dentro daquilo que é o normal no clube inglês, conseguiu o apuramento também ele histórico para os oitavos-de-final da Liga dos Campeões, onde pela frente vai ter o Sevilha.