Bomba de Alex Telles coloca FC Porto em liderança provisória.
(Photo by MIGUEL RIOPA / AFP) (Photo by MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images)

A jornada 22 da Liga NOS contou com um jogo difícil no Estádio do Dragão entre FC Porto Portimonense nesta noite de domingo. 

Os azuis e brancos, sem mudanças no onze entraram no jogo com confiança de se adiantarem cedo no marcador, mas no entretanto o penúltimo classificado, Portimonense deu luta a contínua pressão do Porto.

"Somos todos Marega"

Os adeptos da casa mostraram um enorme carinho pelo jogador, Moussa Marega quando ao minuto 11 (número da sua camisola), os Super Dragões revelaram uma faixa na bancada a dizer "somos todos Marega", depois do passado incidente em Guimarães, sofrendo comentários racistas por parte do Vitória de Guimarães, que o levou a abandonar o jogo ao minuto 72. A partida  acabou 2-1 para o lado dos Dragões. Pode ver o vídeo aqui, em O Jogo.

O Maliano não deixou passar o gesto em branco, agradecendo os adeptos Portistas.

Um pouco antes do intervalo, o árbitro Rui Miguel, si próprio foi consular o video-árbitro depois de indicações do mesmo. Lance em que ditou uma grande penalidade para os Algarvios.

Só que antigo jogador da cidade Invicta, Jackson Martinez acabou por rematar muito por cima da baliza, levando o resultado de 0-0 para o intervalo.

Treinador Portista, Sérgio Conceição fez duas alterações logo a seguir ao intervalo, trocando Tiquinho Soares por Zé Luis Matheus Uribe pelo Japonês, Shoya Nakajima.

Quando menos se esperou...

Quando tudo parecia encaminhar-se para um nulo de golos, o lateral esquerdo, Alex Telles produziu um pontapé fortissimo de fora da área e vê a bola a passar por todos os defesas oponentes, acabando no fundo da baliza. O estádio todo ficou em autêntica euforia.

Telles já é o Dragão com mais golos (8) esta temporada de 2019-20.

Treinador dos Dragões admitiu que foi uma vitória justa.

"É um jogo difícil, nós esperávamos e esperamos sempre adversários difíceis. Hoje jogaram de forma um bocadinho diferente, jogaram com uma equipa bastante alta também. Defensivamente tiveram sempre muito atentos e consistentes, apesar de nós, na primeira parte, termos três ou quatro ocasiões para fazer golos e quando se faz golo, nestas situações, as coisas ficam diferentes. 

O golo apareceu em cima dos 90, mas apareceu. O mérito é dos jogadores. É de louvar o esforço deste grupo de trabalho."

Já o treinador do Portimonense, Paulo Sérgio afirmou que, apesar do resultado, está satisfeito com a atitude dos seus jogadores.

"O resultado é um tanto ou quanto ingrato pelo que trabalhámos, pela organização que demonstrámos, tivemos as melhores ocasiões, pelo Jackson. Estou satisfeito com atitude e coragem dos jogadores, como enfrentaram um porto muito forte. O caminho é este, temos de levar daqui isso como uma lição de capacidade de trabalho, de muita entrega, para os pontos que nos faltam".

Com este resultado, o Porto fica a dois pontos na frente do Benfica provisoriamente em primeiro lugar e espera até o resultado do mesmo, amanhã à noite contra o Gil Vicente.

VAVEL Logo