Muitos gols, falhas defensivas e acirrada disputa: Fiorentina tira invencibilidade do Milan
Divulgação/ACF Fiorentina

Um duelo de duas equipes tradicionais e campeãs, situadas em importantes centros urbanos, que teve de tudo. Clima singular, muitos gols, falhas defensivas e emoção até o fim. Na noite desse sábado (20), a Fiorentina enfrentou o Milan no Estádio Artemio Franchi, em Florença/ITA, em duelo válido pela 13ª rodada da Serie A 2021-22. Em jogo aberto até o último lance, a Viola fez valer o mando de campo e venceu por 4 a 3. Duncan, Saponara e Vlahović (duas vezes) marcaram os gols dos Gigliati, enquanto Ibrahimović (duas vezes) e Venuti (contra) assinalaram os tentos dos rossoneri.

Falha bisonha e eficiência violeta

O primeiro lance do confronto resultou em gol, mas foi anulado por impedimento. Ibrahimović foi acionado em velocidade por Brahim Díaz, finalizou na saída do goleiro, mas estava adiantado. O confronto era dinâmico. A Fiorentina usava os lados para trabalhar no campo de ataque e o Milan chegava em passes rápidos por meio dos espaços cedidos pelo oponente. Mas uma falha individual resultou na abertura do placar. Aos 14 minutos, Bonaventura cobrou escanteio da direita e Tătăruşanu subiu com liberdade e fez a defesa, mas soltou a bola ao cair. Esperto, Duncan aproveitou a falha e completou ao gol para deixar a Viola na frente. O segundo quase veio na jogada seguinte, mas o cabeceio de Vlahović após cruzamento de Callejón foi por cima do gol.

Aos poucos, os visitantes tinham mais posse de bola e espaços, o que proporcionou boas defesas do goleiro Terracciano. Na primeira tentativa, Rafael Leão abriu espaço e arriscou de fora da área para bela defesa do arqueiro da Viola. O atacante português teve mais duas finalizações em poucos minutos, mas o camisa 1 levou a melhor em ambas as tentativas. A chance mais clara ocorreu aos 41 minutos. Kjær cruzou com muita precisão na cabeça de Ibrahimović, mas o desvio do atacante sueco tirou tinta do gol. A resposta foi impiedosa. Aos 45 minutos, Biraghi cruzou da esquerda e Tonali fez o corte parcial. Vlahović ficou com a sobra e rolou para Saponara. O camisa 8 dominou e finalizou com perfeição no ângulo esquerdo de Tătăruşanu para ampliar a vantagem da Fiorentina com um golaço.

Reação, erros defensivos e vitória da Fiorentina

No segundo tempo, Rafael Leão tentou finalização semelhante ao segundo gol da Viola e assustou. Como esperado, o Milan tinha mais posse de bola e o técnico Stefano Pioli promoveu mudanças para dar mais velocidade, mas era a vez da Fiorentina aproveitar os espaços. Aos 14 minutos, Vlahović foi acionado por Duncan, entrou na área pelo lado esquerdo, deixou Tătăruşanu para trás e finalizou ao gol vazio para marcar o terceiro dos donos da casa. Porém, enganado estava quem acreditou que o jogo estava definido com a vantagem de 3 a 0. Em cinco minutos, os milaneses mostraram que não pode cometer falhas diante de uma equipe postulante ao título. Aos 16, Bonaventura deu passe errado para Ibrahimović e o sueco agradeceu a gentileza com finalização na saída de Terracciano. Aos 21, Theo Hernández venceu disputa com Odriozola para trás, avançou pela linha de fundo e cruzou rasteiro para Ibrahimović arrematar no meio da área.

O gol trouxe grave sinal de alerta aos mandantes. A vantagem expressiva construída em uma hora de partida tinha reduzido em cinco minutos. A esperteza do técnico Vincenzo Italiano em perceber o momento certo para tirar jogadores bem desgastados e promover a entrada de jogadores que fortalecessem a marcação e tivessem velocidade para atacar foi fundamental para evitar que a Fiorentina ficasse encurralada em seu campo. E a Viola contou com nova falha defensiva rubro-negra para sacramentar a vitória. Aos 40 minutos, Theo Hernández foi desarmado por Nicolás González e Vlahović finalizou no canto esquerdo de Tătăruşanu para marcar seu segundo tento no confronto. E ainda teve tempo para o Milan marcar mais um. Aos 51, Theo Hernández cruzou da esquerda, Ibrahimović cabeceou na trave e a bola bateu na barriga de Venuti para fechar o jogo com gol contra.

Sequência

Com a vitória por 4 a 3, os fiorentinos subiram ao sexto lugar, dentro da zona de classificação às competições europeias, com 21 pontos. O time está empatado com Lazio e Juventus na pontuação, mas está entre ambas pelo saldo de gols. Por outro lado, os milaneses seguem na segunda colocação com 32 pontos, mas perdem a invencibilidade e podem ver o Napoli abrir vantagem no topo, caso a equipe obtenha resultado positivo diante da Internazionale na tarde deste domingo (21).

A próxima rodada do Campeonato Italiano será disputada no fim de semana. A Fiorentina vai enfrentar o Empoli no Derby Dell’Arno a ser realizado às 11 da manhã do sábado (27) no Estádio Carlo Castellani, em Empoli/ITA, enquanto o Milan vai receber o Sassuolo às 11 da manhã do domingo (28) no Estádio San Siro, em Milão/ITA. Antes, porém, o Diavolo terá duelo diante do Atlético de Madrid. O confronto será realizado às 17 horas da próxima quarta-feira (24) no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri/ESP, pela quinta e penúltima rodada da fase de grupos da Uefa Champions League.

VAVEL Logo