Figueirense recebe Ponte Preta para se manter no G-4 e buscar vice-liderança
Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC

Figueirense recebe Ponte Preta para se manter no G-4 e buscar vice-liderança

Duelo coloca adversários em posições opostas da tabela; tanto o Figueira quanto a Macaca precisam da vitória

rafaella-bonassi
Rafaella Bonassi
FigueirenseDenis; Diego Renan, Nogueira, Cleberson e Lazaroni; Zé Antônio, Abuda, Renan Mota, João Paulo e Maikon Leite; André Luís. Técnico: Milton Cruz
Ponte PretaIvan; Igor Vinícius, Renan Fonseca, Léo e Ruan; Nathan, João Vitor e Tiago Real; André Luís, Danilo Barcelos e Júnior Santos.Técnico: João Brigatti
ÁRBITROGilberto Rodrigues Castro Júnior (PE), seus auxiliares serão Marcelino Castro de Nazaro (PE e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)
INCIDENCIASPartida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B

A Ponte Preta vai até Santa Catarina neste sábado (30) para enfrentar o Figueirense pela 13ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A pretensão da Macaca é voltar para casa com uma vitória na mala, mas isso não deve ser fácil, já que os times se encontram em posições bem diferentes na tabela do torneio.

Enquanto o Figueirense tem seis jogos de invencibilidade – três vitórias e três empates – e 12 pontos conquistados dos últimos 18 em disputa, a Ponte Preta vem para a partida com a pressão de duas rodadas sem vencer e oito pontos conquistados nos últimos 18 possíveis. Devido aos números, o Figueira está no pelotão da frente, na quarta colocação com 21 pontos, enquanto a Macaca tem 15 pontos e está na 13ª posição.

O último encontro entre os clubes aconteceu no dia 13 de agosto de 2016, quando ambos estavam na Série A do Brasileirão, e acabou com uma vitória do time paulista por 2 a 0, em São Paulo. A história do confronto é bem equilibrada: são nove vitórias para o alvinegro catarinense, oito para a Ponte e oito empates.

Figueira tem desfalques e retornos para a partida

Para continuar no G-4 o Figueirense precisa vencer mais uma partida, já que os adversários da tabela têm se aproximado cada vez mais das quatro melhores campanhas. Sendo assim, o técnico Milton Cruz terá de conquistar os três pontos com alguns desfalques, mas, em contrapartida, poderá contar com alguns jogadores novamente.

Como desfalques, o meia Gustavo Ferrareis e o volante Pereira estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo, enquanto Jorge Henrique, fora desde o jogo contra o Coritiba, teve constatada uma lesão de grau 2 na coxa esquerda e só deve retornar em agosto. Ao mesmo tempo o goleiro Denis, o zagueiro Cleberson e o volante Zé Antônio retornam após cumprir suspensão e reforçam o time.

“A gente tem o plantel, usa muita, como em Curitiba. Sem quatro jogadores importantes, fomos lá e fizemos, não um jogo excelente o tempo todo, mas tivemos um começo bom e no segundo tempo mostramos a qualidade de quem entrou para suprir as ausências de quem não estava”, falou o comandante em entrevista coletiva antes do treino de sexta-feira (29)

Ponte Preta com muitos problemas, mas também novidades

A Macaca precisa reagir o quanto antes no campeonato se quiser voltar à Série A no ano que vem. Com 15 pontos, o time está mais próximo da zona de rebaixamento – já que o primeiro clube do Z-4 é o Brasil de Pelotas, com dois pontos a menos que a Ponte – do que o tão almejado G-4.

Dessa maneira, portanto, o duelo contra o Figueirense é caso de ganhar ou ganhar. O porém disso tudo é a quantidade de desfalques que o time paulista terá. O comandante João Brigatti não poderá contar com seis jogadores do seu plantel: o volante André Castro, com problemas no tornozelo e o meia Murilo, com desconforto muscular, não treinaram na quinta-feira (28).

O lateral-esquerdo Orinho, e o meia Paulinho foram expulsos na última rodada. E por fim, os atacantes Roberto e Felippe Cardoso seguem no departamento médico e estão fora.

Mesmo com dores de cabeça para escalar o time, porém, Brigatti recebeu boas notícias durante a semana. O lateral-esquerdo Ruan, recém apresentado, apareceu no BID e deve ter sua estreia. O goleiro Ygor Vinhas e o atacante Neto Costa, também estão no boletim da CBF e à disposição. Fora eles, Nathan e João Vitor retornam e devem ser titulares.

“É um pouco complicado. O Orinho vem fazendo um grande campeonato, o Paulinho também, com gols, assistências. O elenco da Ponte é bem competitivo, muito bom. Tenho certeza que quem o Brigatti escolher para suprir as ausências, vai poder cumprir bem,” comentou o lateral-direito Igor.

VAVEL Logo

Figueirense FC Notícias

há 7 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 14 dias
há 18 dias
há 24 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses