Nos pênaltis, Coritiba derrota São Caetano e avança para as oitavas da Copinha
Coxa se classificou para às oitavas de final (Foto: Divulgação/ Coritiba)

Nos pênaltis, Coritiba derrota São Caetano e avança para as oitavas da Copinha

Após empate, por 2 a 2, no tempo normal, Coxa venceu, por 6 a 5, nas penalidades 

sandroquintanilha
Sandro Quintanilha

Pela terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Coritiba levou a melhor sobre o São Caetano, na tarde dessa segunda-feira (14), e avançou para as oitavas de final da competição. No tempo normal, 2 a 2, com gols de  Gabriel SilvaHernandes, para o Azulão, enquanto Igor Paixão e Igor Jesus, fizeram para o Alviverde. Nos pênaltis, o Coxa levou a melhor e ganhou por 6 a 5. 

O início do jogo foi muito estudado por ambas as equipes. A primeira chance só aconteceu aos 20´. Markson fez a jogada pela esquerda, cortou para o meio e chutou forte. A bola raspou a trave do goleiro e foi pra fora.

Foi aos 32´ que o Coxa conseguiu ficar na frente do placar. Igor Paixão recebeu grande lançamento na área e pegou de primeira, acertando o cantinho da meta. 

Logo nos primeiros movimentos da segunda etapa, o Azulão quase conseguiu marcar. Rafael pegou a bola na entrada da meia lua e finalizou colocado, mas Diego estava bem posicionado e fez a defesa tranquila.

Logo na sequência, com 11 minutos, a equipe paulista deixou tudo igual. O gol foi marcado pelo atacante Gabriel Silva, que mandou uma bomba em direção a meta, sem chances de defesa. 

A virada veio pouco depois. Hernandes aproveitou o rebote do chute de Rafael Menezes e, sem goleiro, só precisou empurrar pro fundo das redes para colocar os mandantes na frente.

Não demorou muito para o time paranaense conseguir, novamente, empatar o confronto. Após falha do goleiro, que saiu antecipadamente e acabou não achou nada, Igor Jesus aproveitou e acertou deixou o dele, o último do duelo.

Com o empate, a partida foi para a disputa de penalidades. Quem levou a melhor foi o Coritiba, que ganhou por 6 a 5. Igor Jesus, Yan Santos,  Iago, Matheus Marcelo, Henrique Vermudt e Biro converteram suas cobranças. Destaque também para o goleiro Diego, que segurou três batidas.

 

 

VAVEL Logo