Improvisado e com um a menos, Ceará afunda Corinthians no rebaixamento
Ceará 2 a 1 no Corinthians pelo Campeonato Brasileiro 2020 (Foto: Divulgação / Ceará SC)

Uma expulsão costuma marcar todo e qualquer jogo de futebol. Neste domingo (11), o Ceará passou pelo traumático momento com primor. Em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020, o Vôzão, mesmo com um a menos, venceu o Corinthians por 2 a 1.

Se não teve grande qualidade técnica, a partida teve boas doses de emoção. Também não faltou correria por parte das equipes - nem improvisações curiosas de ambos os lados, sobretudo da parte de Dyego Coelho, treinador do Corinthians.

Surpresas

Antes dos dez minutos de jogo, o Ceará já tinha obrigado Cássio a fazer duas grandes defesas, em finalizações de Luiz Otávio e Samuel Xavier. Antes disso, Rafael Sóbis cabeceou bola no travessão e Léo Chu chutou perigosamente à esquerda do goleiro do Corinthians. 

Aos 14 minutos, o Corinthians deu a primeira espetada no Vôzão. E efetiva: Léo Natel desceu pela esquerda, chutou e Fernando Prass engoliu um frangaço, sem conseguir parar o quique da bola. 

O Ceará se lançou ainda mais ao ataque. Fernando Sobral, aos 18 e 21 minutos, assustou. E, com 33 minutos, veio o empate. Léo Chu cruzou e, no primeiro poste, tentando cortar, Gil colocou contra o próprio patrimônio. Aos 37 minutos, Vinícius finalizou no lado esquerdo e Cássio, novamente, foi buscar. Antes do final do primeiro tempo, porém, Ramiro acertou bela finalização no travessão de Prass.

Vôzão afunda Timão

Desde o começo da peleja, o Ceará alinhava em um 4-2-3-1 simples, com Rafael Sóbis buscando flutuar como homem mais avançado, no papel de "falso nove". O Corinthians tinha um 4-3-3 com três volantes e como Luan fazendo o papel de centroavante. A dificuldade de criação, que já estava evidente no primeiro tempo (foram oito finalizações do Ceará contra cinco do Timão, por exemplo), ficou ainda mais clara na segunda metade de jogo. 

Novamente com menos de dez minutos, o Ceará enfileirou oportunidades. Vinícius, Fabinho e Rafael Sóbis finalizaram com perigo à meta defendida por Cássio. 

O ímpeto cearense arrefeceu na sequência. Eduardo, que substituiu Samuel Xavier, lesionado, na lateral direita, ainda no primeiro tempo, acertou Léo Natel em lance morto na linha de fundo e, após revisão do VAR, foi expulso. O jogador, por sinal, chutou a cabine do VAR após ver o cartão vermelho. 

O jogo ficou equilibrado. Aos 24 minutos, Fernando Sobral arriscou de longe com perigo. Aos 30, Luan aproveita vacilo da zaga cearense e finaliza por cima do gol.

Aos 41 minutos veio o golpe derradeiro. Cássio tenta sair jogando, tropeça e, para se levantar, derruba Kelvyn dentro da área. O pênalti foi marcado e convertido por Fernando Sobral, que cobrou rasteiro no meio do gol. 

A emoção não acabou por aí. Aos 50 minutos, Jô desviou bola na área e Gil escorou no travessão. Ainda por conta da adrenalina, Cássio, após o apito final, discutiu rispidamente com Anderson Daronco e foi expulso. Mesmo com um a menos em boa parte da segunda etapa, na metade final de jogo o Ceará, novamente, finalizou mais (sete a cinco) e acertou dois chutes a gol - contra apenas um do Timão.

Próximos jogos

Na 16ª rodada, o Ceará enfrenta o São Paulo. A partida, porém, foi adiada por conta do jogo do Tricolor contra o Fortaleza, válida pela Copa do Brasil. Sendo assim, o Vôzão volta a campo no próximo sábado (17), às 19h (Horário de Brasília), contra o Fluminense. O Corinthians, na quarta-feira (14), às 21h30 (Horário de Brasília), encara o Athletico na Arena da Baixada.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo