Guto Ferreira lamenta queda de rendimento do Ceará no segundo tempo contra Internacional
Guto Ferreira em Ceará 0 a 2 Internacional (Premiere / Reprodução)

Atuando no Castelão, o Ceará foi vencido pelo Internacional por 2 a 0 em jogo válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro 2020 nesta quinta-feira (7). A equipe, que jogou bem na primeira etapa, passou a sofrer com os contra-ataques colorados. Técnico alvinegro, Guto Ferreira fez a leitura do que aconteceu com o clube nordestino.

Quando perguntado sobre a discrepância entre as duas metades de jogo, o treinador concordou com a tese. Para ele, os atletas ficaram desatentos após um lance fortuito no ataque quando saíram atrás do placar.

"Concordo que foram dois tempos distintos. O jogo é uma somatória dos lances que vão acontecendo. São oportunidades que a equipe não consegue converter, que vai deixando o jogador ansioso, e tivemos um lance dentro da área adversária, quase convertemos, mas o nosso time perdeu foco no lance, pois ficou reclamando de uma jogada desleal. O Internacional se aproveitou da situação. Isso mexeu com a nossa equipe, pois, jogando bem, perdia de 1 a 0", destacou.

Os números comprovam o que o treinador disse na entrevista coletiva. No primeiro tempo, o Ceará teve 55% de posse de bola, chutou oito vezes a gol (contra uma do Internacional) e acertou cinco desses chutes - o Colorado não teve finalizações certas.

Pouco depois, Guto Ferreira exaltou a força reativa do Internacional para "matar" o cotejo. "Foi a postura tática do Inter. Num contra-ataque, o Inter fez o gol e baixou a linha, controlou mais o jogo de trás, o que nos impossibilitou de penetrar como fazíamos antes. A partir do 1 a 0, defenderam muito mais e jogaram no contra-ataque e conseguiram o gol no contra-ataque, pois nos atiramos no ataque", finalizou o treinador.

O Ceará é o 11º colocado do Brasileirão, com 36 pontos. O time volta a campo no domingo (10) em visita ao Flamengo, às 16h.

VAVEL Logo