Figueirense cede empate ao Juventude em jogo equilibrado e segue no Z-4

Lutando por diferentes objetivos, catarinenses e gaúchos empatam em 2 a 2 no Scarpelli

Figueirense cede empate ao Juventude em jogo equilibrado e segue no Z-4
Figueirense e Juventude ficaram empatados em 2 a 2 (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)
Figueirense
2 2
Juventude
Figueirense: Saulo; Bruno Santos, Marquinhos (Bruno Alves), Leandro Almeida, Juliano; Zé Antônio, Ferrugem (Dudu Vieira), Patrick; Robinho, Zé Eduardo e Henan | Técnico Márcio Coelho
Juventude: Oliveira; Tinga, Domingues, Micael, Bruno Collaço (Maurício); Wanderson, Lucas, Juninho Silva, Leílson, Ramon; Tiago Marques | Técnico Gilmar Dal Pozzo
Placar: 1-0, 44' 1T, Zé Eduardo | 1-1, 1' 2T, Lucas | 2-1, 21' 2T, Henan | 2-2, 37' 2T, Tiago Marques |
ÁRBITRO: Thiago Duarte Peixoto (SP), auxiliado por Rogério Pablos Zanardo (SP) e Herman Brumel Vani (SP) | Cartões Amarelos: Lucas e Wanderson
INCIDENCIAS: Partida válida pela 18° rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Não foi dessa vez que Figueirense Juventude quebraram seus jejuns de vitória. Na noite desta terça-feira (1°), as equipes ficaram empatadas no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. O placar foi de 2 a 2, com gols de Zé Eduardo e Henan para os mandantes e Lucas e Tiago Marques para os visitantes.

Ambas as equipes vivem mau momento na Série B. Enquanto o Figueira encontra-se na 17° colocação, há quatro jogos sem vitórias, o Jaconero segue despencando, e, apesar de ainda estar no G-4, passou hoje pela sexta partida sem vencer, e deve deixar o grupo do acesso à Série A, já que depende hoje de vários resultados paralelos.

Na próxima rodada, o time de Gilmar Dal Pozzo irá encerrar o primeiro turno recebendo o Santa Cruz (12°) no Alfredo Jaconi, enquanto o alvinegro catarinense vai até o Mangueirão enfrentar o Paysandu (16°), adversário direto na briga para escapar da Série C.

Figueira pressiona e marca no fim do primeiro tempo

A primeira etapa foi melhor para o time da casa, que logo aos quatro minutos já deu trabalho ao estreante goleiro OliveiraLeandro Almeida desviou escanteio cobrado por Robinho, cabeceando para baixo, como manda o manual. O goleiro do Juventude fez bela defesa.

O jogo ficou muito preso no meio de campo, com marcação acentuada e muitos erros de passe de ambas as equipes. O Figueirense só foi chegar novamente em jogada individual de Robinho, que driblou quatro marcadores do time visitante e na hora de finalizar, isolou.

Movimentado e com muita bola rolando, a partida só foi se acalmar quando o zagueiro Marquinhos lesionou-se, dando lugar à Bruno Alves. Daí para frente, o Papo se soltou, e chegou à sua primeira finalização com Ramon, que fez jogada pela ponta esquerda, cortou para o meio e viu Saulo defender chute à meia altura.

Quando o primeiro tempo parecia ir para o intervalo, veio o gol dos catarinenses: Ferrugem levantou na área e Zé Love ganhou a dividida com o zagueiro, cabeceando para o fundo do gol e encerrando um movimentado primeiro tempo com a vantagem para o Figueirense.

Artilheiros marcam e jogo termina igual

Não deu nem tempo de respirar e o Jaconero já estaria empatando o jogo na segunda etapa. Com um minuto de jogo, Lucas antecipou-se à zaga no primeiro poste e cabeceou forte. Saulo tentou espalmar, mas dividiu a bola com a trave e a viu morrer no fundo do gol.

O momento era do time de Gilmar Dal Pozzo, que subiu a marcação e nos primeiros minutos de partida já tinha três escanteios a seu favor. No terceiro deles, Tinga pegou o rebote e chutou forte, por cima da meta.

Após a empolgação dos primeiros minutos, a intensidade passou e o Figueira foi com tudo para o ataque, jogando bastante pelas pontas e acionando o jogo de pivô com Henan, que dividiu com Oliveira e viu a bola espirrar para a intermediária, de onde Patrick tentou bater de primeira e quase encobriu o goleiro Saulo.

Continuando a pressionar, o time da casa atacou com Robinho, que tentou voleio, errando a meta, e com Bruno Santos, que aos 16' recebeu lançamento de Ferrugem e bateu cruzado para grande defesa de Oliveira.

A resistência do Papo durou até os 21', quando Zé Antônio cobrou falta com força, e o arqueiro do time gaúcho espalmou para escanteio. No levantamento, Henan pegou rebote de Oliveira e desempatou a partida.

Querendo o empate, Gilmar Dal Pozzo mexeu no Juventude e colocou mais velocidade no time, com as entradas de Felipe Lima e Caprini. A partir daí, os gaúchos tiveram mais posse e chegaram ao gol de empate aos 37', quando Tiago Marques aproveitou desvio de Domingues após cobrança de escanteio e marcou seu oitavo tento na Série B.

Nos minutos seguintes, pressão desordenada do Figueirense, que em nada resultou. Os diversos cruzamentos na área apenas consagraram os zagueiros Domingues e Micael, que afastaram tudo para garantir o empate em 2 a 2.


Share on Facebook