Na estreia de Chamusca, Ceará vence Oeste sem dificuldades e se aproxima do G-4 da Série B
Foto: Lucas Moraes/Ceará

Depois de um período irregular e com a demissão do técnico Givanildo Olivera, o Ceará entrou em campo neste sábado (24) pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017 para receber o Oeste, no Presidente Vargas, agora sob o comando de Marcelo Chamusca. A equipe alvinegra finalizou o embate com uma vitória confortável de 3 a 0, com gols de Pedro Ken, Valdo e Rafael Carioca, ambos ainda na primeira etapa.

O triunfo cearense coloca a equipe na sexta posição, agora com 15 pontos ganhos, um a menos que o quarto colocado Guarani, que ainda joga na rodada. O Oeste, por sua vez, caiu três posições e entrou na zona de rebaixamento, agora na 17ª colocação com 12 pontos, em uma tabela ainda extremamente equilibrada no início. 

Na próxima rodada, o Vovô irá viajar para o Sul para poder enfrentar o Paraná no próximo sábado (30), às 16h30, enquanto que o Rubrão recebe o Santa Cruz no mesmo dia e horário. 

Ceará domina ações e abre larga vantagem 

Nos minutos iniciais, o Ceará conseguiu manter a posse de bola por mais tempo que o adversário, conseguindo assim ter a chance de criar oportunidades no ataque, ao mesmo tempo que evitava que o adversário pudesse fazer o mesmo. Logo no quinto minuto, a primeira dessas oportunidades foi executada numa cabeçada de Valdo para o gol, defendido por Rodolfo. A bola chegou na cabeça do zagueiro via cobrança de falta de Rafael Carioca. 

Conforme o tempo foi passando, o time da casa foi tirando mais o pé, deixando assim que os visitantes conseguissem trocar passes com certa regularidade. Contudo, Roberto tratou de colocar o Vovô de volta para o que foi no início, dando correria para a marcação pela direita. Quase nos 18 minutos porém, Rafael Carioca tentou chute de fora, a redonda foi desviada e bateu no travessão antes de sair em linha de fundo.

No minuto seguinte, Valdo apareceu livre na área depois de cobrança de escanteio para mandar a bola pro fundo das redes, abrindo o placar no Presidente Vargas para a equipe alvinegra. Oeste até então não conseguia apresentar seu jogo ofensivo. Três minutos depois, Pedro Ken, impedido, se antecipa ao zagueiro no cruzamento de Raul e empurra de cabeça para o gol, ampliando a vantagem do Ceará.

Depois do segundo gol alvinegro, o Oeste saiu mais ao ataque, mesmo que no seu tempo. Algumas oportunidades foram criadas, como aos 33 com Alexandre, que recebeu bola na área, porém estava impedido. Todas as investidas do time paulista, contudo, foram em vão quando, aos 42 minutos, Rafael Carioca marcou o terceiro gol do Ceará no jogo. O meia acertou um chutaço para colocar o esférico colocado dentro do gol de Rodolfo. Encerraria-se assim o primeiro tempo.

Ceará controla tempo no segundo tempo e garante primeira vitória sob comando de Marcelo Chamusca

Como esperado, o Oeste começou o segundo tempo tentando ter a bola por mais tempo buscando ter uma construção mais eficiente no ataque da equipe. Contudo, o tempo foi passando e o equilíbrio foi se estaurando novamente, visto que o Ceará lutava para ficar com a bola quando não a tinha, para que pudesse controlar o relógio, o adversário e, principalmente, o jogo. 

Se aproveitando do contra-ataque, o Ceará chegou com Ricardinho em boa bola de Magno Alves achando o companheiro sozinho pela esquerda. O meia, porém, arriscou um arremate com a esquerda, o que acabou sendo defendido pelo goleiro e mandado para escanteio. Aos 25, o Vovô continuou testando o arqueiro adversário, agora novamente com Ricardinho, que chutou com força e obrigou Rodolfo a espalmar para fora. 

Quando o relógio se aproximava dos 40, o Rubrão teve ainda mais seu trabalho dificultado depois da expulsão de Erick, que havia entrado no intervalo. Depois daí, a equipe paulista começou a aceitar a derrota e a esperar o fim do jogo, bem como o Ceará fazer o mesmo. 

VAVEL Logo