Figueirense derrota Avaí na Ressacada em partida conturbada e cheia de incidentes
Foto: Alceu Atherino/Avaí FC

Figueirense derrota Avaí na Ressacada em partida conturbada e cheia de incidentes

Alvinegro converteu pênalti com pouco mais de um minuto e garantiu vitória por 1 a 0; Leão ainda perdeu penalidade, teve gol anulado nos acréscimos, em partida que marcou queda de torcedor da arquibancada e entrada do helicóptero em campo

bruno-da-silva
Bruno da Silva
AvaíAranha; Airton, Betão, Marquinhos Silva (Gabriel Lima); Guga, Judson, André Moritz (Matheus Barbosa), Capa; Renato, Rômulo, Rodrigão (Beltrán). TÉCNICO: Geninho
FigueirenseDenis; Matheus Ribeiro, Cleberson, Eduardo Bauermann, João Paulo (Henrique Trevisan); Zé Antônio, Matheus Sales, Renan Mota (Pereira), Gustavo Ferrareis; Elton, Juninho (Felipe Amorim). TÉCNICO: Milton Cruz
Placar0-1, min. 2, João Paulo (pênalti)
ÁRBITROMarcelo de Lima Henrique, auxiliado por Michael Correia e Silbert Faria Sisquim, todos do Rio de Janeiro. Amarelos: André Moritz, Renato (AVA); Zé Antônio, João Paulo (FIG)
INCIDENCIASPartida válida pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC. PÚBLICO TOTAL: 13.486; RENDA: R$ 410.160,00

Em um clássico de vários incidentes, incluindo o mais triste deles, a queda de um torcedor do parapeito do Estádio da Ressacada, o Figueirense bateu o Avaí por 1 a 0, gol de pênalti de João Paulo, com pouco mais de um minuto de jogo neste sábado (1º). O Leão, aniversariante do dia, ainda perdeu penalidade cobrada por Guga e teve gol anulado por impedimento já nos acréscimos.

Torcedor do Figueirense cai da arquibancada em clássico contra Avaí e é socorrido de helicóptero

No primeiro tempo, Douglas Cirimbelli, torcedor do Figueirense, caiu do parapeito do setor visitante da Ressacada. A equipe médica agiu rápido, mas foi necessária a vinda de um helicóptero para a retirada de Douglas. A partida foi interrompida entre os 25 e 31 minutos, quando a aeronave pousou no gramado, mas os médicos preferiram adiar a remoção do torcedor por conta da gravidade da lesão - suspeita de traumatismo craniano e lesão grave na coluna. O helicóptero voltou no intervalo para levar Cirimbelli ao hospital.

+ Confira as ofertas de nosso parceiro Futfanatics

No gramado, com 45 segundos de jogo, Airton derrubou Juninho dentro da área e o árbitro marcou um pênalti incontestável. João Paulo cobrou, deslocou Aranha e fez 1 a 0. O Avaí passou a tomar conta da partida a partir daí, mas sem muita criatividade, criou poucas chances.

Depois da paralisação e da entrada do helicóptero, o Avaí conseguiu melhorar sua criação, e passou a pressionar mais. Aos 40, em bola alçada na área, Marquinhos Silva foi agarrado por Cleberson, e o árbitro marcou nova penalidade, dessa vez aos mandantes. Guga cobrou no canto direito, mas Denis voou e salvou. Além disso, Geninho ainda teve que trocar Rodrigão, machucado, por Beltrán antes do intervalo.

Para o segundo tempo, Matheus Barbosa subiu André Moritz, com a intenção de aumentar a intensidade no meio-campo avaiano, até por conta do gramado molhado. O Avaí foi o claro dono da segunda etapa, terminando o jogo com 64% de posse de bola, e 26 finalizações, nove certas, contra seis do Figueira, apenas uma na direção do gol.

Apesar desse volume maior, foram poucas grandes chances ao Avaí. Aos 19, Rômulo arriscou da entrada da área após arrancada pelo meio, Denis largou e quase soltou nos pés de Renato. Este, arriscou vários chutes de longe em busca do empate. No mais perigoso deles, aos 37, o camisa 19 tentou de canhota de fora da área e por muito pouco não mandou no ângulo.

Enquanto Milton Cruz colocou Pereira e Trevisan nas vagas de Renan Mota e João Paulo, tentando reforçar a marcação, Geninho botou em campo o estreante meia Gabriel Lima na vaga do zagueiro Marquinhos Silva. O Avaí seguiu pressionando, mas o Figueirense foi eficiente para bloquear as principais armas do rival na reta final do jogo. Porém, aos 49, Guga botou escanteio na área, Airton desviou e Matheus Barbosa completou para o fundo das redes, mas o bandeira assinalou impedimento, anulado o gol de empate e garantindo a vitória do Figueirense. Ainda, após o fim do jogo, houve um pequeno tumulto entre os times.

Com 37 pontos, o Figueirense sobe para o quinto lugar, duas posições atrás do Avaí, que tem 39. Na terça-feira (4), o Leão joga novamente em casa, desta vez contra o CRB, às 19h15. No mesmo dia, o Figueira visita o líder Fortaleza, às 21h30.

VAVEL Logo

    Figueirense FC Notícias

    há 8 dias
    há 11 dias
    há 12 dias
    há 15 dias
    há 18 dias
    há 24 dias
    há 25 dias
    há um mês
    há um mês
    há um mês
    há 2 meses