Com gol nos acréscimos, Ceará bate Flamengo e ganha fôlego na zona de rebaixamento
(Foto: Divulgação/Ceará)

Com gol nos acréscimos, Ceará bate Flamengo e ganha fôlego na zona de rebaixamento

No Maracanã lotado, rubro-negro mostrou maior volume de jogo, mas não conseguiu abrir o placar, sendo punido com um gol aos 45 da segunda etapa

lchagas
Leandro Chagas
FlamengoDiego Alves, Pará, Réver, Renê, Piris da Motta (Uribe, MIN. 38 - 2° tempo), Lucas Paquetá, Diego, Éverton Ribeiro, Henrique Dourado (Lincoln, MIN. 13 - 2 °tempo), Marlos Moreno (Vitinho, MIN.13 - 2° tempo). TÉC: Maurício Barbieri
CearáÉverson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio, João Lucas (Eduardo Brock, MIN. 30 - 2 ° tempo), Edinho, Juninho, Calyson (Felipe Azevedo, MIN. 45 - 1° tempo), Leandro Carvalho, Arthur (Arnaldo, MIN. 25 - 2° tempo), Juninho Quixadá. TÉC: Lisca
Placar0-1, MIN. 45 - 2° tempo, Leandro Carvalho
ÁRBITRORaphael Claus, Cartões Amarelo: Henrique Dourado, Diego (Flamengo), Calyson, Samuel Xavier (Ceará)
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA 22° RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO. disputada no ESTÁDIO MARACANÃ, no Rio de Janeiro

O torcedor rubro-negro teve um amargo início de domingo. Diante de uma Maracanã lotado por mais de 61 mil torcedores, o Flamengo foi derrotado por 1 a 0  pelo Ceará, sofrendo um duro golpe no Campeonato Brasileiro, após a eliminação da Libertadores.

Mesmo com maior volume de jogo, o Fla não conseguiu balançar as redes, sendo castigado com um gol de Leandro Carvalho, aos 45 do segundo tempo.

Diante de sua torcida, o Flamengo começou com tudo. Logo aos seis minutos, Renê adiantou para Marlos Moreno, que cruzou na área, mas Diego não conseguiu completar. Na sobra, Edinho saiu jogando errado, entregando para Paquetá que acabou chutando nas mãos do goleiro Éverson.

Em seguida, aos sete, Diego soltou uma bomba em cobrança de falta, obrigando o arqueiro adversário a espalmar para escanteio. Sem dar tempo para o time cearense respirar, aos oito, o camisa 10 cruzou na área para Dourado, mas a zaga conseguiu afastar. Na sequência, o centroavante do Fla acabou se chocando com Éverson.

Aos 11, Éverton Ribeiro bateu escanteio na área e Rhodolfo desviou de cabeça, na sobra, Diego empurrou a bola para dentro do gol, mas a arbitragem acabou sinalizando impedimento.

Mantendo a pressão, Éverton Ribeiro fez uma grande jogada e cruzou para Marlos Moreno. Atrasado, o colombiano não conseguiu o arremate, e a zaga acabou desviando para escanteio. No lance seguinte, Diego surpreendeu e quase marcou um gol olímpico, mandando a bola na trave.

Depois, aos 17, foi a vez do zagueiro Réver arriscar. O capitão rubro-negro partiu com a bola e soltou uma bomba de fora da área, obrigando o camisa 01 do Ceará, a fazer mais uma belíssima defesa.

Só aos 29, a equipe cearense conseguiu chegar com perigo no ataque. Leandro Carvalho fez ótima jogada pela ponta direita, driblou Piris da Motta e cruzou para Calyson, que soltou um chute forte, para a defesa segura de Diego Alves.

Jogando por uma bola, o Ceará chegou com perigo mais uma vez. Leandro Carvalho recebeu um passe em profundidade e tentou encobrir Diego Alves. O camisa 1 do Flamengo saiu bem do gol, fechando o ângulo do meia e afastando o perigo.

Empolgado, o Vozão chegou mais uma vez a frente, aos 39, dessa vez em boa jogada de João Lucas, que  tentou cruzar na área. Na sobra, Juninho Quixadá chutou forte, mas acabou mandando a esquerda do gol rubro-negro. O Flamengo continuou martelando, mas fechou o primeiro tempo sem conseguir abrir o placar. 

Na volta, o time carioca chegou pela primeira vez aos quatro minutos. Paquetá recebeu pela direita e cruzou na direção do gol de Éverson, que acabou espalmando para longe.

Em seguida, o próprio camisa 11 do Fla errou um passe bobo, armando um contra-ataque para o time adversário. Na jogada, Luiz Otávio roubou bola e dispara em velocidade, tocando para Leandro Carvalho, que inverteu buscando Felipe Azevedo. O camisa 11 do Vozão chutou cruzado, mas Diego defendeu com tranquilidade.

Insatisfeito com o rendimento de sua equipe, Barbieri se viu obrigado a mexer, tirando Dourado e Marlos, lançando Lincoln e Vitinho, aos 13 minutos.

Aos 16, Paquetá tabelou com Éverton Ribeiro, mas acabou desperdiçando mais uma chance. O meia continuou tentando, mas desperdiçou outra oportunidade aos 25, cabeceando para fora, após ao cruzamento de Renê.

O tempo continuou passando e o Flamengo cada vez mais nervoso, não conseguia tirar o zero do placar. Numa boa jogada, aos 37, Diego acabou sendo derrubado na risca da grande área. Na cobrança, Paquetá acabou isolando a bola, desperdiçando outra ótima chance e sendo vaiado pela torcida.

Para piorar, a equipe rubro-negra sofreu um duro castigo. Já aos 45, Leandro Carvalho recebeu na entrada da área, driblou Réver e arriscou de longe. A bola quicou e acabou enganando Diego Alves, morrendo no fundo do gol.

No desespero, o Fla ainda tentou empatar a partida, mas não foi capaz de igualar o placar, para desespero dos mais de 60 mil torcedores que compareceram ao Maracanã. Com o resultado, o Flamengo pode se afastar ainda mais do líder São Paulo, que enfrenta o Fluminense mais tardeàs 16h, no Morumbi.

Em momento difícil, o rubro-negro volta a campo na próxima quarta-feira (05), quando terá um confronto direto com o Internacional, no Beira-Rio.

VAVEL Logo

    Ceará Notícias

    há 5 dias
    há 6 dias
    há 10 dias
    há 10 dias
    há 12 dias
    há 14 dias
    há 16 dias
    há 19 dias
    há 20 dias
    há 21 dias
    há 21 dias