Adílson Batista se diz aliviado com vitória do Ceará: "Tira um pouco da pressão"
Foto: Mauro Jefferson

Na tarde deste domingo (13) Ceará abriu as portas para receber o Avaí, na arena Castelão, pela 25ª rodada da Série A do Brasileiro. O clube cearense venceu o leão da ilha por 1 a 0 e somou 3 pontos, assim pode sair do Z-4 e subir para a 16º colocação. Apesar da vitória, o gol que se deu por uma cobrança de escanteio do Ceará,  recebeu muitas reclamações no final da partida do público do Avaí. 

Após a partida em coletiva de imprensa Adílson falou sobre substituição  que foi muito criticada pela torcida, tirou Mateus Gonçalves e pôs Bergson, atacante que marcou o gol da vitória:

"O importante é vivenciar o jogo e tentar agir o mais rápido possível. Isso eu não fiz diante do Goiás. Hoje senti que tinha que mudar. Eu sempre penso no coletivo. Independente de situação de manifestação. Tivemos um volume melhor, um segundo tempo melhor. Vladimir trabalhou mais. É nesse sentido que faço as coisas. Sei que existe uma carga, uma ansiedade, mas é o momento. Às vezes eu faço pensando neles. Independente do gol do Bergson, não é em função disso. Eu confio em todos. Entro com Leandro Carvalho, com Juninho Quixadá. Estou contente com o rendimento de todos, com a busca incessante. Foi importante tirar esse peso. Agradeço o torcedor que veio e apoiou, é assim que é o futebol"

Após dez jogos sem vitória, Adílson fala que ficou aliviado ao sair do jejum:

"Gostei do resultado. Acho que o resultado tira um pouco da pressão, da ansiedade. Hoje é um momento de gratidão, de agradecer, precisávamos vencer. Para vestiário, para olhar a tabela. Foi muito importante o resultado. Claro que gosto de vencer convencendo, mas não jogamos feio. Era importante vencer e prefiro essa opção, a vitória. Agradeço ao torcedor que veio, apoiou, vaiou e saiu feliz. Agradeço muito a eles"

Com 26 pontos, no 16º lugar da tabela. Próximo confronto do Vozão será contra o Santos, quinta-feira (17) em Vila Belmiro. 

VAVEL Logo