Após cinco jogos sem vitória e dentro do Z-4, Figueirense anuncia demissão de Vinícius Eutrópio

Quatro meses e 30 jogos depois, Eutrópio é demitido pela segunda vez do Alvinegro, 17º colocado no Brasileiro

Após cinco jogos sem vitória e dentro do Z-4, Figueirense anuncia demissão de Vinícius Eutrópio
Técnico voltou ao clube após dois anos e novamente foi demitido do Figueira (Foto: Luiz Henrique/Figueirense FC)

Nesta segunda-feira (11), o Figueirense anunciou a demissão do técnico Vinícius Eutrópio. O treinador de 50 anos perdeu o emprego após a derrota por 2 a 1 para o Grêmio, em Porto Alegre, a quinta partida do Alvinegro sem vitória. Com esse resultado, o time de Florianópolis parou nos 15 pontos e caiu para 17º lugar, dentro da zona de rebaixamento.

Eutrópio, em sua segunda passagem pelo clube, retornou ao Figueirense em 19 de fevereiro deste ano, após a demissão de Hudson Coutinho durante o Campeonato Catarinense. No Estadual, não conseguiu recuperar o time a ponto de levar à final, mas terminou na quarta colocação. Em 30 jogos no comando do time, conquistou 12 vitórias, 10 empates e oito derrotas - 51% de aproveitamento.

Em 2014, Eutrópio foi demitido do Figueirense após nove meses de trabalho. Na primeira passagem, conquistou um acesso à Série A e um título catarinense, mas foi demitido após duas derrotas nas duas primeiras rodadas do Brasileiro daquele ano.

Ainda sem comandante definido, o Figueirense volta a campo na quarta-feira (13), pela terceira fase da Copa do Brasil contra a Ponte Preta, no Orlando Scarpelli, às 19h30. Pelo Brasileiro, o Figueira joga em casa contra a Chapecoense, no domingo (17), às 16h.