Mesmo com derrota, Eduardo Baptista fica satisfeito com apresentação do Sport
O próximo jogo do Sport na Série A, será diante do Corinthians, domingo na Ilha do Retiro (Divulgação/Sport)

O técnico Eduardo Baptista avaliou a derrota por 2 a 0 diante do Cruzeiro, na noite desta quarta-feira (21), no Mineirão, pela Série A, como um misto de alegria e tristeza. Se o placar chateou o treinador, a postura da equipe durante o primeiro tempo, mereceu elogios do comandante do Leão, que reafirmou a meta rubro-negra na competição.

"Foi um jogo que fiquei triste, mas satisfeito. Digo isso porque viemos jogar contra o Cruzeiro, que tem uma equipe muito boa e com um banco de reservas muito bom. Jogamos de igual para igual. Mostramos que temos condições de fazer uma grande competição. O Sport não veio para figurar, apenas. Saio convicto de que o trabalho está sendo bem feito", enfatizou Eduardo.

Segundo o treinador, o gol de Ricardo Goulart, aos cinco minutos do segundo tempo, desmontou o esquema traçado para neutralizar as jogadas ofensivas do time mineiro.

"Estávamos conseguindo marcar o Cruzeiro dentro do campo deles. Mas acabamos sofrendo um gol e isso fez com que a gente desse o espaço que eles queriam. Então, isso nos complicou na segunda etapa", comentou o técnico.

Em relação à saída do volante Augusto César, que vinha sendo o destaque da equipe na partida, para a entrada do estreante Mike, Eduardo afirmou que o volante deixou o campo por conta do desgaste físico.

"Queria colocar um jogador mais leve e Augusto César estava um pouco cansado. É um atleta que chegou a pouco tempo e estava sentindo um pouco isso. Então, decidi mudar", finalizou o treinador.

VAVEL Logo