Após novo empate, Adílson Batista pede desculpas aos torcedores por situação atual
Técnico Adílson Batista inseguro no cargo (Foto: Divulgação/Vasco)

Vasco e Portuguesa empataram por 1 a 1 nesse sábado (31), em jogo válido pela nona rodada da segunda divisão do Campeonato Brasileiro. A partida foi realizada no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pois o clube está cumprindo punição devido as brigas de torcidas organizadas na última rodada do Brasileirão do ano passado, contra o Atlético-PR

O Gigante da Colina amargou o quarto empate seguido e agora é apenas o 11º colocado da competição com 11 pontos conquistados. Em entrevista após o jogo, o técnico Adílson Batista reconheceu que a equipe vem jogando abaixo do esperado e até assumiu a culpa pela péssima campanha. O treinador pediu desculpas aos vascaínos por essa situação: 

"Finalizamos, rodamos, mas os erros são meus, às vezes a gente mexe errado, escalamos errado. Eu sou o responsável, a culpa é minha. Peço desculpas ao torcedor por estarmos nessa situação", disse.

O comandante lamentou o gol sofrido e lembrou que o revés aconteceu quando o zagueiro Rodrigo, autor do gol vascaíno, teve que sair para ser atendido: "O gol que sofremos foi quando o Rodrigo estava fora, cabeçada na diagonal, na linha de quatro, tínhamos um jogador a menos ali", lembrou.

Adílson comentou sobre a pressão que vem sofrendo por parte da torcida:  "Desde os últimos sete jogos do Brasileiro do ano passado eu estava com risco. É sempre assim nossa função. Tento fazer meu melhor, me entrego, me dedico, trabalho, tento ajudar, respeito o Vasco, sei da grandeza do clube, da importância de se trabalhar no Vasco", terminou.

Por fim, Adílson Batista declarou já saber aonde está o problema da equipe; O técnico prometeu conversas internas com o diretor executivo do Vasco, Rodrigo Caetano: "Eu vou conversar internamente com o Rodrigo Caetano (diretor-executivo de futebol). Só o Rodrigo que vai saber. Infelizmente, algumas coisas têm que mudar. Sei onde é o nosso problema", encerrou. 

O Vasco volta a campo na próxima terça-feira contra o Boa Esporte, fora de casa, em Varginha, em Minas Gerais. A equipe fará a última partida antes da parada da Copa do Mundo. O jogo é válido pela décima rodada da série B do Brasileirão. A príncipio, o técnico Adílson Batista viaja com a equipe para o próximo duelo, contudo o comandante balança no cargo. A comissão técnica espera que a equipe consiga voltar a vencer para terminar a primeira parte da competição próximo ao G-4. 

VAVEL Logo