Animado com a chegada do Gladiador, Adílson destaca: "Finaliza sempre que é possível"
Adílson elogiou bastante o atacante (Foto: Marcelo Sadio/Vasco)

A presença de Kléber no time do Vasco vem animando cada vez mais Adílson Batista. Comandante do atacante pela primeira vez em 2009, quando foram vice-campeões da Copa Libertadores, o técnico fez elogios a seu estilo, vê evolução em seu dia a dia e ressalta que, após a segunda vitória em jogos-treino, o entrosamento do trio ofensivo que enfrentará o Santa Cruz na terça-feira (15), na Arena Pantanal, em Cuiabá, está caminhando como ele quer.

"Estão se conhecendo na frente, ele e Thalles, o Dakson também. Mas é um jogador que o Douglas conhece, Fabrício, Pedro (Ken)... os demais já sabem da características dele e como jogar. Quando a bola chega, não volta, ele sabe proteger. E finaliza sempre que é possível. Eu já conheço e os demais que estão trabalhando vão se familiarizando com Kléber", afirmou o treinador.

Adílson também lembrou os vários parceiros de ataque que o camisa 30 já teve, deixando claro que o jogador é versátil, exercendo mais do que sua principal função, que seria marcar gols.

"Tem que analisar o elenco e onde estava. Já fez dupla com Barcos, Vargas, Thiago Ribeiro, Wellington Paulista, aí muda a característica. Mas ele é um jogador que faz área, faz os lados, joga longo e ocupa espaços deixados pelo meia. Busca essa bola segurando no canto, tem condições de jogar mais aberto e de frente também. É completo", ressaltou o técnico.

O treinador ainda elogiou o trabalho da equipe nos jogos-treino que fizeram contra o Guarani - vitória por 2 a 1 - e contra o Atibaia - vitória por 2 a 0. Ele também ressaltou que esses treinos serviram para um maior entrosamento do time.

"Foi um bom treino. Prevaleceu a posse de bola, imposição, criamos situações de gols, tivemos compactação... Foi bem acirrado o jogo, competitivo, como deve ser. Como também foi o outro contra o Atibaia. A gente se impôs e foi importante para que os atletas se conheçam melhor. Kléber, Dakson, Thalles, esse entrosamento é importante, então eu gostei do trabalho", elogiou o comandante.

A delegação do Vasco retorna ao Rio de Janeiro no sábado (12) e não terá folga. Trabalha no domingo (13) e viaja para Cuiabá na segunda-feira (14), para encarar o Santa Cruz na terça-feira (15), na Arena Pantanal, às 21h50. Os ingressos para esse jogo, inclusive já estão à venda na bilheteria do Ginásio Aecim Tocantins e também pela internet.

VAVEL Logo