Em Cuiabá, Vasco goleia Santa Cruz e sobe na tabela
No retorno da série B, time carioca goleou o Santa Cruz (Marcelo Sadio/Vasco)

O Vasco goleou o Santa Cruz por 4 a 1 na noite desta terça-feira (15) pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2014, na Arena Pantanal (MT). A partida marcou o retorno das duas equipes na competição após a parada para a disputa da Copa do Mundo. Os três pontos foram muito importantes para o Vasco, já que para o cruzmaltino uma sequência de vitória seria fundamental para voltar ao topo da tabela. Para o adversário, a derrota encerrou a invencibilidade na competição.

O palco para a partida foi escolhido pela diretoria do Vasco, já que o clube carioca cumpriu nessa partida o último jogo de suspensão, ainda válida pela última rodada do Brasileirão 2013, na Arena Joinville, contra o Atlético-PR. O Gigante da Colina não precisará mais se distanciar de São Januário. No próximo final de semana, encarará o América-RN, no sábado (19). 

O time carioca começou o jogo na 10ª posição e com um jogo a menos na competição, contra o Náutico que ainda será realizado, enquanto que o Santa Cruz na 8ª colocação na tabela. Na última participação dos dois times na competição, vitória de ambos. O Vasco venceu o Boa Esporte por 2 a 0, já o Santa Cruz passou pela Ponte Preta por 2 a 1. 

A partida começou estudada, mas com o cruzmaltino com mais posse de bola, e logo no começo em um cruzamento pela direita, quase Thalles abre o placar com uma cabeçada no canto do goleiro Tiago Cardoso. Mas não demorou muito para o Santa se aventurar no ataque e abrir o placar com Danilo Pires, num chute de fora da área. Após ter muita posse de bola e poucas chances, Fabrício acertou um belo chute de fora da área, de primeira, igualando o marcador e, logo após, conseguindo a virada com Douglas Silva. 

Já o segundo tempo, o Tricolor Pernambucano entrou com muita velocidade e querendo a vitória, e indo pra cima do Vasco. Perdendo muitas chances, o time pernambucano foi castigado com um penalti inexistente em cima de Lucas Crispim, conferido por Kleber. Alguns minutos depois, os cariocas ampliaram novamente com o volante Fabrício. A partir de então, o Gigante da Colina resolveu administrar o jogo, porém mesmo assim passou por alguns perigos.

Com menos posse de bola, Santa Cruz sai na frente, mas Vasco consegue a virada 

Com um começo de jogo morno, por parte de ambos os times, o Vasco achou um cruzamento pela direita aos três minutos, em que quase abriu o placar em uma boa cabeçada de Thalles. Entretanto, a partir desse lance o clube carioca não conseguiu manter as boas chances, mesmo com uma posse de bola muito maior que a do tricolor, chegando a ser de 74% contra 26%. Porém, aos 17 minutos, em uma bobeada na marcação, Danilo Pires abriu espaço e acertou um chute forte, e a bola morreu no fundo do gol, contando com uma ótima colaboração do goleiro vascaíno. 

A partir de então, o Santa Cruz não manteve o ímpeto, e acabou dando espaços de sobra para o time carioca, que aos poucos foi tomando conta do meio-campo e encurralando o time visitante, que não demorou muito para sofrer a pior das consequências: o gol vascaíno. Aos 34 minutos, após cruzamento pela esquerda, Fabrício pegou o rebote do zagueiro e, sem deixar cair a bola no chão, acertou um belíssimo chute de primeira no canto direito do goleiro Tiago, que não teve chances alguma de defesa. 

Depois de conseguir o empate, o clube carioca não cometeu o mesmo erro que o tricolor pernambucano, e continuou em cima, até que em cobrança de falta de Dakson, Douglas Silva desviou para o gol, aos 40 minutos, virando assim o jogo ainda na primeira etapa para o Vasco. 

Tricolor começa melhor, mas não consegue marcar e acaba sendo goleado

O Santinha do Arruda voltou melhor e encurralava o Vasco no campo de defesa. Logo aos três minutos Léo Gamalho ganhou pelo alto e deu um belo chute rente a trave. Na sequência, o tricolor chegou novamente obrigando a Martín fazer uma ótima defesa em seu canto direito, e no rebote a bola acaba batendo no braço do defensor vascaíno, mas o árbitro deixou seguir. O Santa Cruz jogava muito pelos lados, até que as 14 minutos, Renatinho fez um belo cruzamento para Carlos Alberto desviar, mas a bola bateu na zaga e, mesmo assim, foi por cima do gol com perigo.

Porém, aos 19 minutos, Lucas Crispim caiu na área e o juiz marcou o pênalti. Kleber, que não tem nada a ver com a marcação, conferiu e aumentou o placar para o cruzmaltino, deslocando o goleiro. A partir de então, o Santa não assustou mais, até que aos 28 minutos, após belíssimo cruzamento rasteiro de Lucas Crispim, Fabrício acertou mais um chute de primeira, marcando seu segundo gol na partida. Com a vantagem, o clube carioca não administrou totalmente a partida, já que Martín Silva ainda teve que se desdobrar para fazer algumas defesas e contar com a sorte em uma bola no travessão, na qual foi encoberto por Leo Gamalho.

Ao fim da rodada, o Gigante da Colina ocupa a 7ª posição e o Santa Cruz a 11ª. O Vasco volta à campo contra o América-RN, em São Januário, pela 12ª rodada da Série B 2014.

VAVEL Logo