Sport inicia treinamentos da semana de olho em confronto decisivo contra Corinthians
(Foto: Williams Aguiar/Sport Recife)

Após o empate sem gols contra o Atlético-PR no último fim de semana, o Sport volta toda a sua atenção para o confronto diante do hexacampeão brasileiro Corinthians. O duelo será realizado às 17 horas (horário brasileiro de verão), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata/PE. Embora para o Timão o confronto teoricamente não tenha mais valia por já ter conquistado o título da atual edição do Campeonato Brasileiro da Série A, para o Sport é fundamental para manter vivo o sonho de disputar a Taça Libertadores da América de 2016.

O primeiro treino da semana foi realizado no Centro de Treinamento Presidente José de Andrade Médicis, em Paulista/PE. Diferentemente do costumeiro, todos os atletas, inclusive aqueles que disputaram a partida contra o Atlético-PR, participaram da atividade.

A princípio, os atletas que jogaram no último domingo (22) realizaram um teste de CK, utilizado para detectar o nível de cansaço muscular e desgaste físico dos atletas, com o objetivo de auxiliar os trabalhos do departamento médico na percepção de possíveis lesões musculares. Após as avaliações, o grupo foi a campo. Os atletas que foram submetidos ao teste de CK deram voltas em torno do campo principal do centro de treinamento, sob a supervisão do preparador físico Paulo Paixão.

Os atletas que não entraram em campo ou que participaram poucos minutos realizaram atividades mais forçadas. Debaixo de um sol escaldante que esquentou o estado de Pernambuco, os jogadores realizaram trabalho com bola. O técnico Paulo Roberto Falcão comandou atividades em campo reduzido e o objetivo dos trabalhos era a troca rápida de passes. Outro ponto bastante analisado pelo comandante rubro-negro foi as finalizações.

Atualmente, o Sport ocupa a sétima colocação do Campeonato Brasileiro da Série A, com 53 pontos. Diante do Corinthians, o Leão da Ilha do Retiro se despede do torcedor pernambucano com a alta responsabilidade de vencer os dois últimos jogos da temporada e torcer por tropeços de São Paulo, Internacional e Santos (caso o Peixe não conquiste a Copa do Brasil) para poder disputar a Libertadores em 2016.

VAVEL Logo