Sport e Danubio se enfrentam na Ilha em estreia das equipes na Sul-Americana
A chegada do novo técnico deu novo ânimo ao elenco rubro-negro (Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)

Em jogo válido pela primeira partida da primeira fase da Copa Sul-Americana 2017, Sport e Danubio fazem sua estreia nesta quinta-feira (6), às 19h15, na Ilha do Retiro, em Recife. As equipes ainda se enfrentarão no jogo de volta que acontece no estádio Jardines Del Hipodromo, casa do time uruguaio. O confronto desta quinta tem a arbitragem de Jorge Baliño.

Confiante depois de ter conseguido a difícil classificação na Copa do Nordeste 2017, domingo passado (2), Ney Franco, novo técnico tem a missão de conter a empolgação do time e se concentrar na competição internacional. Além de toda a importância da partida, o embate tem um fato histórico. Raúl Betancor, considerado o maior jogador da história do time rubro-negro, começou no futebol justamente no Danubio.

Já no Danubio, a expectativa é que a má fase que deixa a equipe atualmente na 13ª colocação no Campeonato Uruguaio, onde tem apenas uma vitoria, comece a ser revertida contra o time pernambucano. Apesar disso, um empate, que seria o sexto na temporada, não seria considerado um mal resultado, visto que a equipe decide em casa.

Ney Franco segue a procurar time ideal

Para a estreia na Sul-Americana, o técnico Ney Franco continua fazendo mudanças em relação a equipe que vinha jogando no ano com o ex-técnico Daniel Paulista. Depois de já ter alterado o esquema para o 4-1-4-1, usado no último domingo, ele agora mudou as peças que serão utilizadas. Rodrigo sairá para a entrada de Everton Felipe enquanto Mena, recuperado de um problema muscular, volta a titularidade.

Principal surpresa entre os titulares foi a manutenção do prata da casa Fabrício, que se destacou na partida contra o Campinense. Pensado como uma solução para a ausência de Ronaldo, ele agora tomou inclusive a vaga de Rodrigo, contratado junto ao Palmeiras com status de titular. O garoto ganhou destaque na base após boas campanhas com o time sub-20 em 2016.

Pensando também nos jogos de mata-mata que estão por vir, Ney se preocupou com a baixa produção da equipe em bolas paradas, principalmente em escanteios e faltas lançadas na área e além de intensivar a questão nos treinos, prometeu mudanças nos cobradores.

"Esse treinamento da bola parada ofensiva está direcionado para nossa equipe. Estamos tendo uma sequência de escanteios e não está saindo nada deles. E uma indefinição nas faltas laterais e frontais sobre quem bate. Estou criando definições e jogadas para ajustar isso. Fabrício começa a ter a bola parada boa. Aos poucos vamos descobrindo o que pode dar. No treinamento, mostrou uma capacidade muito boa e temos que ter ganhar outro batedor além do Diego Souza", explicou o treinador.

Com todas as mudanças feitas, o time do Sport irá a campo com: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Durval e Mena; Fabrício, Rithely, Everton Felipe e Diego Souza; Rogério e André.

Gastón Machado também está há pouco tempo à frente do Danubio

Pensando na Sul-Americana, o Danubio finaliza sua preparação já no Recife, quando reconhece o gramado da Ilha do Retiro. Entre os jogadores que desembarcaram, está um velho conhecido da torcida pernambucana. O atacante Olivera, que também é capitão do time, teve uma passagem pelo rival Náutico, onde inclusive marcou um golaço contra o Sport.

Recém-chegado ao time uruguaio, o técnico Gastón Machado, responsável pela única vitória da equipe na temporada não deve fazer mudanças na equipe que empatou fora de casa contra o Plaza Colonia por 0 a 0. Assim, o time que deve ir a campo contra o Sport deve ser formada por: Cristóforo; Peña, Los Santos, Malrechauffe e Olaza; Zarfino, Fernandez, Gravi, Gonzalez e Ardaiz; Olivera.

VAVEL Logo