Fim de novela: André fecha com Grêmio e dá adeus ao Sport
Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Chega ao fim a novela da negociação entre Sport e Grêmio pelo atacante André, o jogador que está desde o início de fevereiro sem treinar com o elenco rubro negro, expôs seu desejo de respirar novos ares após o interesse do tricolor gaúcho. Sport pedia 2,5 milhões de euros e este foi o entrave para a negociação ter durado tanto tempo. Nesta semana, os clubes davam como encerrada a negociação, mas na tarde desta terça-feira (16), o Grêmio enfim cedeu ao valor pedido pelos pernambucanos. 

O tricolor já havia feito três propostas ao Sport, todas rejeitadas pelo rubro negro. Hoje, André está saindo por repasse de 70% dos direitos econômicos (30% continuam com o Corinthians), o clube gaúcho deu garantias bancárias e apresentou um nova forma de parcelamento para pagar os 2,5 milhões de euros, cerca de R$ 10 milhões, exigidos pelo Rubro-negro. O Grêmio dividirá em cinco parcelas, mas o Sport receberá uma entrada de 725 mil euros. Inicialmente, André ficará emprestado no Grêmio até janeiro de 2019, limite para que os gaúchos tenham quitado todo o valor. A partir daí os tricolores poderá assinar um novo contrato em definitivo com o centroavante. 

No começo de fevereiro, o atacante chegou avisar aos seus companheiros de grupo que não permaneceria mais no Leão e aguardava apenas a liberação do clube, mas toda negociação parava no valor e jogadores pedidos ao Grêmio, tanto que após se recuperar de lesão, o atleta voltou a treinar e estava cotado na lista dos relacionados para o clássico entre Sport e Santa Cruz, na quarta-feira (14).  O tricolor dos pampas enxerga o ex atacante rubro-negro como substituto ideal para Lucas Barrios, que deixou o clube após a final do Mundial de Clubes contra o Real Madrid

Com duas passagens pelo Sport, André coleciona bons números e fase artilheira. Em 2015, na sua primeira passagem, o atacante veio por empréstimo do Atlético Mineiro, jogou 34 vezes pelo Sport e marcou 14 gols, contribuindo com a melhor campanha do clube pernambucano no Campeonato Brasileiro na era dos pontos corridos. Após se destacar no Leão, acabou sendo comprado pelo Corinthians e logo depois vendido ao Sporting-Portugal, onde não foi o mesmo André de 2015. Em baixa no clube português e apelo em rede social, em 2017 o Leão trouxe de volta seu artilheiro que mostrou que fazer gols ainda era sua especialidade, fechou o ano com 29 gols (sendo 19 pelo brasileirão) em 71 jogos disputados. Com grande notoriedade no Campeonato Brasileiro do mesmo ano, foi o artilheiro do time e marcou o gol da permanência do clube pernambucano na Série A

André Felipe Ribeiro de Souza surgiu no cenário nacional ao lado de Neymar, jogou 61 jogos pelo profissional do Santos e marcou 28 gols, conquistando o Campeonato Paulista e Copa do Brasil de 2010.

Foi vendido ao Dínamo de Kiev e posteriormente emprestado ao Bordeaux-FRA, mas não se adaptou ao futebol europeu, tanto que não marcou gols por essas equipes. Já em 201,1 foi comprado pelo Atlético Mineiro por R$ 15,1 milhões e se tornou a maior compra da história do clube mineiro. Onde jogou por quatro anos, em 2015 foi emprestado ao Sport, muitos diziam ser sua última chance na carreira, os números já citados mostram que o atleta dessa vez não decepcionou. 

Aos 27 anos, o jogador nascido no Cabo Frio-RJ, tem em sua bagagem oito títulos, sendo duas Copas do Brasil, com Santos e Atlético Mineiro. Só não conquistou título em sua passagem pelo Vasco da Gama

Chega ao Grêmio como peça importante na temporada, onde disputará Copa do Brasil (pois não foi relacionado para os dois jogos no ex clube), Libertadores e Campeonato Brasileiro da Série A. E, será a primeira vez na carreira que Renato Portaluppi o comandará. 

VAVEL Logo