Vitória surpreende Vasco da Gama e conquista primeiro resultado positivo no Brasileiro

Rubro-negro aproveita falhas defensivas do adversário para vencer pela primeira vez na Série A; cruz-maltinos perdem invencibilidade na competição nacional

Vitória surpreende Vasco da Gama e conquista primeiro resultado positivo no Brasileiro
Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Vasco da Gama
2 3
Vitória
Vasco da Gama: Martín Silva; Rafael Galhardo, Breno, Werley e Henrique; Desábato e Bruno Silva (Bruno Cosendey, min. 65); Yago Pikachu, Wagner (Riascos, min. 77) e Caio Monteiro (Kelvin, min. 59); Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo.
Vitória: Caíque; Lucas, Kanu, Walisson Maia e Jeferson; Willian Farias e Fillipe Souto; Rhayner (Lucas Fernandes, min. 68), Neilton e Wallyson; André Lima (Denílson, min. 73). Técnico: Vagner Mancini.
Placar: 0-1, André Lima, min. 17. 1-1, Yago Pikachu, min. 39. 1-2, Lucas Fernandes, min. 70. 1-3, Werley (contra), min. 75. 2-3, Andrés Rios, min. 82.
ÁRBITRO: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS), auxiliado por Leirson Peng Martins (RS) e Lúcio Beiersdorf Flor (RS) | Cartões amarelos: Wallison Maia (VIT, min. 33), Breno (VG, min. 34), Willian Farias (VIT, min. 43), Fillipe Soutto (VIT, min. 54), Henrique (VG, min. 85)
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018, disputado no Estádio de São Januário

Não há lógica no futebol. No duelo entre Vasco da Gama e Vitória, os cariocas não tinham perdido no Campeonato Brasileiro da Série A e os rubro-negros ainda não tinham conquistado nenhum triunfo. Mas o panorama foi completamente modificado. Na tarde deste domingo (13), em São Januário, pela quinta rodada da competição nacional, o Leão da Barra venceu por 3 a 2. André Lima, Lucas Fernandes e Werley (contra) marcaram os gols visitantes, enquanto os anfitriões descontaram com Yago Pikachu e Andrés Rios.

O Vasco entrou em campo determinado a fazer valer o fator casa e adotou a estratégia de manter a posse de bola no maior tempo possível. Mas encontrava dificuldades em superar a marcação adversária. Tanto que a primeira chance cruz-maltina veio com Yago Pikachu, que arriscou de longe ao ver o goleiro Caíque adiantado, mas errou o alvo.  O meia finalizou mais uma vez ao limpar a marcação e chutar com o pé esquerdo. Assustou. Porém, na primeira chegada baiana, gol dos rubro-negros. Falha de Desábato ao receber bola de Martín Silva, André Lima ficou com a sobra e mandou no canto esquerdo rasteiro para abrir o marcador aos 17 minutos.

O Vasco da Gama tinha 78% de posse de bola, mas tinha dificuldades em finalizar, ainda mais quando entrou em desvantagem. Aos 37 minutos, Andrés Rios recebeu lançamento de Wagner e foi derrubado na área por Rhayner. A arbitragem assinalou penalidade máxima. O próprio centroavante vascaíno bateu e Caíque defendeu. Caio Monteiro tentou pegar o rebote, mas foi derrubado pelo goleiro do Vitória. Novo pênalti. Desta vez, Yago Pikachu assumiu a responsabilidade e empatou o jogo.

Paulo Fernandes/Vasco.com.br

O segundo tempo começou mais equilibrado. Aos poucos, o Vasco tentou virar o placar. Rafael Galhardo foi acionado, entrou na área e Caíque fez excelente defesa. Em nova oportunidade, Pikachu encheu o pé de longe e o goleiro rubro-negro interveio novamente. A resposta, mais uma vez, foi cruel. Aos 25 minutos, Wallyson tocou para Lucas Fernandes. O atacante, que acabara de entrar, carregou a bola com tranquilidade e finalizou para recolocar o Vitória na frente. Cinco minutos depois, outro golpe duro. Após cobrança de escanteio, Werley cabeceou contra as próprias redes.

O Vasco tentou buscar diminuir a desvantagem e conseguir uma reação surpreendente. Aos 37 minutos, Rafael Galhardo cobrou escanteio na área, a defesa cortou e Kelvin ficou com a sobra. O atacante mandou na área mais uma vez e Andrés Ríos desviou. No minuto seguinte, Riascos perdeu excelente chance. Riascos foi acionado, ficou frente a frente com Caíque, mas mandou por cima. Os anfitriões tentaram empatar na base da pressão máxima, mas não foram eficientes.

Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Com o resultado, depois de perderem a invencibilidade na Série A, os cariocas caem para o sexto lugar, com sete pontos ganhos e um jogo a menos, que será disputado após a Copa do Mundo. Por outro lado, o rubro-negro baiano conquistou o primeiro resultado positivo, mas não saiu da zona de rebaixamento. A equipe baiana assumiu a 17ª colocação, com quatro pontos somados. Os times voltam a entrar em campo no próximo fim de semana. O Vasco da Gama tem clássico contra o Flamengo às 19 horas do sábado (19), no Maracanã. Por sua vez, o Vitória tem duelo nordestino contra o Ceará, às 11 horas do domingo (20), no Barradão, em Salvador/BA.