Vasco pressiona e vence, mas LDU avança às oitavas da Copa Sul-Americana
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Vasco pressiona e vence, mas LDU avança às oitavas da Copa Sul-Americana

Thiago Galhardo fez gol solitário já no final do confronto; Goleiro Gabbarini foi fundamental na classificação da Liga

yannrodrigues
Yann Rodrigues
VascoMartín Silva; Luiz Gustavo, Oswaldo Henríquez (Raul, min. 30), Breno (Ricardo, min. 45) e Ramon; Andrey e Desábato (Caio Monteiro, min. 70); Giovanni Augusto, Thiago Galhardo e Yago Pikachu; Andrés Ríos.
LDUGabbarini; Quintero, Guerra, Salaberry e Chalá; Vega e Orejuela; Guerrero (Rodríguez, min. 80), Jhojan Julio (Intriago, min. 51) e Anderson Julio; Anangonó (Pellerano, min. 91).
Placar1-0, min. 85, Thiago Galhardo.
ÁRBITROMario Diaz de Vivar (PAR). Cartões amarelos: Breno, Luiz Gustavo e Yago Pikachu (VAS); Gabbarini, Guerrero, Intriago e Orejuela (LDU)
INCIDENCIASPartida válida pela segunda fase da Copa Sul-Americana, disputada no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro.

Não deu! O Vasco insistiu do primeiro ao último minuto, mas deu adeus à Copa Sul-Americana. Thiago Galhardo até marcou no fim, mas o gol foi solitário e insuficiente para que a equipe da Colina conseguisse a classificação diante da LDU. Os equatorianos avançam às oitavas de final.

Pressão. Era o que precisava no início e fez. Primeiro, Giovanni Augusto emendou rebote do escanteio por cima do gol. Em seguida, Andrey quase tirou o zero do marcador após completar de cabeça cruzamento de Luiz Gustavo.

A resposta da Liga Deportiva foi com o gigante centroavante Anangonó. Vega cobrou falta na grande área e o jogador se antecipou ao zagueiro Henríquez e desviou no cantinho de Martín Silva, mas a bola foi para fora.

A melhor chance do Almirante saiu dos pés do lateral-direito Luiz Gustavo. Ramon cobrou escanteio, a bola sobrou após dividida e o camisa 13 emendou de primeira pela linha de fundo, tirando tinta da trave equatoriana. 

Jhojan Julio quase castigou a equipe cruz-maltina. Quintero tocou em Anagonó, o camisa 17 ajeitou para o ponta direita, que invadiu a área e acertou a trave da equipe carioca. 

(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)
(Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

A tônica da etapa complementar foi a mesma. Pressão vascaína. Logo aos quatro minutos Andrey teve chance da entrada da área, mas finalizou pela linha de fundo. Galhardo quase explodiu São Januário na sequência, mas sua finalização explodiu na defesa. 

O jovem volante tentou novamente da intermediária, mas Gabbarini voou para fazer a defesa. Luiz Gustavo tentou de cabeça em escanteio cobrado por Giovanni Augusto, mas a bola ficou com o goleiro. 

Thiago Galhardo tirou o “uh” da torcida em São Januário. A bola sobrou na entrada da área e o camisa 8 tirou tinta da trave. Giovanni Augusto tentou também, mas parou no goleiro. 

Caio Monteiro também teve motivos para se lamentar. Giovanni fez excelente jogada pelo lado direito e cruzou na pequena área para o jovem atacante, que finalizou de cabeça, mas pela linha de fundo. 

Depois de infernizar a defesa da Liga por 85 minutos, o grito que estava intalado saiu das arquibancadas. De pé em pé: Pikachu tocou para Ríos, que ajejtou para Thiago Galhardo bater no cantinho de Gabbarini para abrir o placar. 

Praticamente no último lance do jogo, Andrés Ríos mandou para fora a chance da classificação. Depois de bate rebate, a bola sobrou com o camisa 9, mas a finalização saiu ao lado do gol. 

Com a eliminação, resta ao Gigante da Colina focar no Campeonato Brasileiro. No domingo (12), o Cruz-Maltino visita o Palmeiras, às 19h, no Allianz Parque, pela décima oitava rodada da competição. 

VAVEL Logo

Club de Regatas Vasco da Gama Notícias

há 5 dias
há 16 dias
há 19 dias
há 19 dias
há 20 dias
há 24 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês