Thiago Galhardo lamenta eliminação com vitória do Vasco: “Gosto amargo”

Gigante joga bem, cria chances, tem volume de jogo, mas perde muitas chances e é eliminado mesmo vencendo a LDU por 1 a 0

Thiago Galhardo lamenta eliminação com vitória do Vasco: “Gosto amargo”
Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br

O Vasco derrotou a LDU de Quito em São Januário, na noite desta quarta-feira (9), pelo placar de 1 a 0. A vitória, entretanto, não foi suficiente para garantir ao Gigante da Colina, a classificação para a terceira fase da Copa Sul-Americana 2018, já que na primeira partida, no Equador, os brasileiros foram derrotados por 3 a 1. Por ter marcado um gol na casa dos adversários, o clube carioca precisaria de uma vitória por 2 a 0, o que quase ocorreu.

Com um volume de jogo inegavelmente alto, e que não vinha sendo visto nos últimos jogos da equipe, principalmente em São Januário, o Vasco criou inúmeras chances e poderia ter saído do confronto tendo goleado a Liga Deportiva. Mas, com uma bola que teimava em não entrar e com diversas reclamações de torcedores e da Comissão Técnica sobre falta de acréscimos, o time cruzmaltino terá de se contentar a disputar apenas o Brasileirão até o fim do ano.

Thiago Galhardo foi um dos mais ativos na partida de hoje. O jogador atuou flutuando em várias funções de meio campo, além da marcação e, por algumas vezes, também surpreendendo e aparecendo dentro da área, e com a ajuda de Andrés Rios, que fez belo pivô, conseguiu marcar o solitário gol vascaíno. Na saída de campo, Galhardo classificou o resultado como amargo.

É uma vitória amarga né, por tudo o que nós criamos aqui. É pra falar para o repórter deles lá que perguntou quem era o time do Vasco da Gama, tá ai. Depois de uma viagem desgastante como aquela, depois de um jogo contra o Grêmio, chegar lá e ter o efeito da altitude, que todos os jogadores sentiram, esse é o time que nós somos. Temos jogado fora e dentro da mesma maneira, buscando o gol, tendo posse de bola, criando. Hoje, infelizmente, tivemos várias oportunidades, eu mesmo, tive três, só fiz uma. Infelizmente”, analisou o camisa 8 vascaíno.

A torcida lotou São Januário e empurrou a equipe do início ao fim. Contudo, não foi o suficiente para garantir a vaga. Sobre a presença do público, o meia também comentou: “Agradecer essa torcida, que veio, lotou, nos ajudou, ficou um gosto amargo. Mas o jeito é trabalhar, se recuperar agora no Brasileiro. Teremos mais tempo para nos preparar e buscar o que queremos, que é a Libertadores e a tabela na parte de cima”, finalizou.

O Vasco da Gama agora retorna as atenções ao Campeonato Brasileiro, única competição presente no momento. No próximo domingo (12), a equipe enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo, às 19 horas (de Brasília). Para o confronto, a equipe poderá ter desfalques, já que Henríquez e Breno, zagueiros titulares contra a LDU, foram substituídos por lesão.