De virada, Goiás vence Figueirense e entra no G-4 da Série B pela primeira vez

Alviverde do Centro-Oeste brasileiro está em uma ótima arrancada; Figueirense cai na tabela

De virada, Goiás vence Figueirense e entra no G-4 da Série B pela primeira vez
(Foto: Divulgacão/Figueirense)
FIGUEIRENSE
1 2
GOIÁS
FIGUEIRENSE: DENIS, MATHEUS RIBERO, NOGUEIRA, EDUARDO E DIEGO RENAN; ZÉ ANTÔNIO, MATHEUS SALES (MIN. 76, MAIKON LEITE) E LUCAS MARQUES (MIN. 71, JUNINHO); RENAN MOTA, HENAN (MN. 45, HELTON) E GUSTAVO FERRAREIS
GOIÁS: MARCOS, ALEX SILVA, VICTOR RAMOS, DAVID DUARTE E ERNANDES; GILBERTO JR, GIOVANNI (MIN. 89, TIAGO LUIS) E RENATO CAJÁ (MIN. 84, JOÃO AFONSO); FELIPE GARCIA (MIN. 64, RAFINHA), LUCÃO E MICHAEL
Placar: 1-0, MIN. 4, MATHEUS SALES. 1-1, MIN. 48, FELIPE GARCIA. 1-2, MIN. 69, DAVID DUARTE
ÁRBITRO: JAILSON MACEDO DE FREITAS, AUXILIADO POR MARCOS WELB DE AMORIM E JOSÉ CARLOS DOS SANTOS. AMARELOS: MATHEUS SALES (MIN. 40), EDCARLOS (MIN. 44), ZÉ ANTÔNIO (MIN. 68), ZÉ ANTÔNIO (MIN. 90). vERMELHO: ZÉ ANTÔNIO (MIN. 90)
INCIDENCIAS: JOGO VÁLIDO PELA 21ª RODADA DA SÉRIE B DO CAMPEONATO BRASILEIRO, DISPUTADO NO ARLANDO SCARPELLI

Na última sexta-feira (17), o Goiás visitou o Figueirense no Orlando Scarpelli e, de virada, conseguiu uma ótima vitória. Em recuperação após vencer o CSA por 3 a 0, o time alviverde venceu com gols de Felipe Garcia e David Duarte. O Figueirense marcou no começo do jogo, com Matheus Sales.
Após esse jogo, o Goiás chega ao G-4 pela primeira vez no campeonato, estando na 3ª posição, com 33 pontos. Já o Figueirense, fica em 8º lugar, com 30 pontos.

Polêmicas de arbitragem nos dois gols do primeiro tempo

Logo no começo da partida, mais precisamente aos quatro minutos, Matheus Sales abriu o placar. Seu chute cruzado, bateu em uma trave e entrou lentamente, com a bola correndo pela linha e sendo tirada de dentro do gol pela defesa do Goiás. O juiz não marcou o gol na primeira oportunidade, mas o bandeirinha correu para o meio de campo e auxiliou o árbitro a marcar, corretamente, o gol.

Após isso, logo aos 12 minutos, a primeira chance de perigo do Goiás apareceu, com Alex Silva batendo cruzado, já dentro da área, mas não acertando o gol. Em dois lances parecidos, os goleiros quase entregaram gols aos times adversários. Marcos soltou uma bola que foi lentamente em direção ao gol, mas ele mesmo se recuperou e segurou a bola. Denis rebateu um chute pra fora do campo, mas com muito perigo de a bola passar por baixo dele.

Aos 48 minutos, Felipe Garcia empatou, com mais polêmicas. Uma bola cabeceada que sobrou dentro da área foi chutada para o gol pelo atacante. Um jogador do Goiás estava entre a batida e o gol, mas não participou da jogada. O bandeirinha deu o impedimento, mas o juiz validou o gol de empate.

Goiás joga bem e consegue vencer o jogo

O segundo tempo começou mais lento, com poucas chances de ambos os lados, que pareciam até satisfeitos com o empate. A primeira mais clara foi com uma batida de fora da área do time do Goiás, onde Denis, bem colocado, fez a defesa com segurança. Nem um minuto depois, Lucas Marques acertou um belo chute de fora da área, assustando o goleiro Marcos.

Aos 24 minutos, após um escanteio, David Duarte cabeceou bem, para o chão e sem chances para Denis defender, e assim virou o jogo e definiu o placar final da partida, que deu os três pontos ao time de Goiânia.

Zé Antônio, mais para perto do final do jogo, foi expulso por uma segunda falta dura no jogo. Com o segundo amarelo, o jogador foi para o chuveiro mais cedo e será desfalque certo para a próxima rodada do Figueirense. O time de Santa Catarina viaja até Minas para enfrentar o Boa Esporte, na próxima terça-feira (21), às 20h30. Já o Goiás volta aos gramados na próxima terça-feira (21), também às 20h30, onde recebe, no Olímpico, o São Bento. Ambos jogos serão válidos pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.